Ads Top

Veja quais são as árvores mais altas do mundo! Parte 01

Crescimento primário e secundário a todo vapor!

Mais uma notícia para nossa série de curiosidades sobre o mundo florestal dessa vez listamos as árvores mais altas do mundo, algumas parece até que não é da Terra! Veja abaixo quem são essas gigantes, e deixe seu comentário do que achou de mais essa notícia. 

Hymperion


Começamos com a considerada árvore mais alta do mundo! Foi descoberta em agosto de 2006 medindo 115, 55 metros (atualmente com certeza ela está muito maior!). Trata-se de uma sequoia da espécie Sequoia sempervirens. Ela está no Parque Nacional Redwood, no norte do Estado da Califórnia, nos Estados Unidos.  A estimativa é que a arvore tenha em torno de 530 m3 de  madeira e que tenha aproximadamente 700-800 anos.  Ainda na Califórnia existem algumas espécie de sequoias que podem chegar a idades entre 1200 a 1800 anos!

Baobás 


Nativa e símbolo de Madagascar, o Baobá pode chegar a viver milhares de anos, se você perceber bem na foto parece que o Baobá foi plantada de cabeça para baixo, pois suas copas lembram muito raízes (Detalhe: Essa gigante fica sem folhas durante 9 meses do ano). São capazes de atingir facilmente 30 metros de altura e possuir troncos com até 20 m de diâmetro! e que podem armazenar até 120 mil litros d’água, elas se tornaram símbolo do Senegal e a árvore nacional de Madagascar), os baobás crescem em zonas áridas, de clima quente e seco.


Cipreste 


A Árvore de Santa María del Tule, no México, é um cipreste (Taxodium mucronatum) de mais  de 2 mil anos. Esta é uma das maiores do mundo, com 42 m de altura, volume de 817 m³ e peso estimado de 636 toneladas. 









Dragoeiro

A casca e folhas cortadas secretam uma resina avermelhada, batizada como sangue de dragão, que era usada na Europa para produzir remédios ou tingir madeira e tecidos. O dragoeiro (Dracaena draco). O dragoeiro deve o seu nome à cor da sua seiva que, em contato com o ar,  oxida  formando  uma  substância  pastosa  de  cor vermelho  vivo  denominada,  sangue­de­ dragão  ou  de  dragão.  Outrora uma árvore abundante e alvo de exploração por parte dos primeiros colonizadores, devido à grande procura  de  sangue­de­dragão  no século XV, o dragoeiro enfrenta hoje, outras ameaças  que  colocam  em  perigo  a  sua sobrevivência. É natural da península Ibérica, mas também pode ser encontrado em abundância nas ilhas Canárias (Espanha) e em alguns pontos do arquipélago de Madeira e Açores (Portugal). Essa árvore pode ultrapassar 20 metros de altura.


Então floresteiros o que acharam? Mais alguma árvore em particular que você acha interessante e merece esta nessa lista?

Aguardem a parte dois (02) dessa matéria.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.