Ads Top

A Engenharia Florestal

  
   Engenharia Florestal é o ramo das engenharias voltado para o estudo, uso sustentável de recursos naturais e comercialização de produtos florestais por meio de técnicas e planejamentos corretos para aumento de produção por ganho de produtividade aliados à conservação. A profissão exige contato direto com a natureza, florestas nativas, florestas plantadas, e com a biodiversidade. Com a atualização e publicação do Novo Código Florestal (Lei  nº 12.651, de 25 de maio de 2012) muitos postos de trabalho serão prospectados e surgirão muitas novas oportunidades de modo a uma aplicação correta da legislação. 

   A Engenharia Florestal é a profissão do presente, no auge da onda da consciência ecológica, do marketing verde, e consequentemente da revisão do Código Florestal, o engenheiro florestal consolida seu espaço no mercado, bem como tende a ser um dos profissionais mais requisitados para as próximas décadas. Para seguir carreira, não dá para fugir da boa e velha matemática, uma disciplina clássica dos cursos de engenharia, e da experiência prática junto às florestas.

   Hoje existem 7,2 milhões de hectares de florestas plantadas comerciais (Eucalipto, Pinus, dentre outras) no Brasil (ABRAF, 2014), com projeções de crescimento para os próximos anos, o que consequentemente tem exigido mais profissionais e empreendedores. Além disso o governo  tem trabalhado a concessão de florestas públicas para a produção de madeira. O mercado está bastante aquecido e demanda de profissionais com formação na área. 


O QUE FAZ UM ENGENHEIRO FLORESTAL? 

      "Pé na lama, contato direto com as comunidades que vivem nas florestas, eventuais banhos nos rios e sonecas nas redes, ao invés de quartos confortáveis, são experiências imprescindíveis para os engenheiros florestais seja qual for seu ramo de atuação". A dica é das engenheiras florestais Patrícia Cota Gomes e Luciana Maria Papp que atuam na Imaflora, uma ONG com sede em Piracicaba, no interior de São Paulo.
"Não tem como ser engenheiro florestal sem por o pé na lama e também não dá para ter medo de bicho. Já encontrei onça no mato, uma preguiça caiu em cima de mim no meio do mato. Independente da atuação, a floresta vai estar no início ou no final do processo. Tem de saber como ela funciona", diz Luciana, que trabalha com a certificação FSC que reconhece as indústrias e produtores com práticas que respeitam os critérios socioambientais.
   Um engenheiro florestal tem um mercado de trabalho amplo. Pode trabalhar em indústrias ligadas a produtos de madeira, empresas do setor de celulose, ligadas ao mercado de carbono, entre outras, além de atuar em órgãos governamentais e como consultor. O engenheiro florestal avalia o potencial de ecossistemas florestais e planeja seu aproveitamento de modo a preservar a flora e a fauna locais. É o profissional que pesquisa e seleciona sementes e mudas, identifica e classifica espécies vegetais e procura melhorar suas características, analisando as condições necessárias a sua adaptação ao ambiente, assim como acompanha projetos de preservação de parques e de reservas naturais e cuida de fazendas de reflorestamento. Existe ainda grande área de recuperação de áreas degradadas, planejamento de arborização e paisagismo urbano, avaliação de impactos ambientais de atividades humanas em bacias hidrográficas, áreas rurais, povoamentos florestais, dentre outros. O eng. florestal também efetua vistoriais, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres técnicos em processos de licenciamento ambiental. Em sua atuação, visa a segurança e os impactos socioambientais.




Gestão Florestal e Recuperação de Áreas Degradadas
Gerencia, estuda e administra parques, reservas florestais e unidades de conservação, atuando desde o plano de manejo destas áreas, até o combate à incêndios florestais e proteção florestal em geral. Gerencia processos de exploração que preservem os recursos naturais, assim como em órgãos ambientais, ONG's ou institutos de pesquisa, atua na recuperação áreas degradadas por mineração, pertubações antrópicas, dentre outras.





Industria de Papel e Celulose
Gerencia a produção de mudas indicadas para fins de celulose, o planejamento e técnicas de colheita da madeira, bem como melhora, por meio da biotecnologia,  as melhores características genéticas das espécies florestais com potencial de celulose para produção de papel (Exemplo: Eucalyptus spp.)
  
Indústria madeireira
Nesta área, o Eng. Florestal gerencia e maneja florestas nativas e/ou plantadas para extração de madeira para movelaria, serraria, fins energéticos por meio do carvão, dentre outras finalidades, sempre devidamente planejado toda exploração de forma sustentável.


Educação, Docência e Pesquisa
Realiza atividades em educação ambiental, ecoturismo, ou pode seguir carreira como pesquisador institucional na área florestal, seja em universidades por meio de programas de pós-graduação, ou em empresas de pesquisas, tais com a Embrapa, Fapemig, dentre outros


Fiscalização Ambiental
Supervisiona empresas que utilizam produtos de origem florestal, como termoelétricas a carvão, indústrias que utilizem lenha e siderúrgicas.

Manejo de florestas plantadas e nativas
Elaborar, promover e supervisionar projetos de reflorestamento de espécies florestais para aumentar sua produtividade. Pesquisar sementes e o melhoramento genético da vegetação.




Tecnologia de produtos florestais
Pesquisar e desenvolver tecnologias para o aproveitamento, a extração e a industrialização de madeiras e de outros produtos florestais não-madeireiros, como óleos essenciais e resinas.

Topografia e Geoprocessamento
Executar trabalhos de topografia e geoprocessamento em áreas e propriedades rurais e ambientes florestais, bem como com uso de softwares de SIG (Sistema de Informações Geográficas), pode planejar plantios florestais, manejo de bacias hidrográficas, dentre outros.

Reflorestamento e Silvicultura
Planeja e executa plantios florestais de espécies comerciais, para fins econômicos de mercado nas linhas de energia, madeiras nobres, celulose, dentre outros.


Conheça as grandes áreas da Engenharia Florestal:



O CURSO DE GRADUAÇÃO?

No curso de Engenharia Florestal não dá para fugir da boa e velha matemática - disciplina clássica dos cursos de engenharia, ou seja, o aluno tem que ser bom ou gostar de matemática e cálculos que vão estar durante toda a graduação. As ciências agrárias e biológicas também estão presentes em todo o currículo, com destaque para as disciplinas que envolvem botânica, tecnologia da madeira, fisiologia vegetal, biologia celular e silvicultura. Mas o forte do curso são as técnicas e os métodos de uso racional das florestas que não comprometam o ecossistema. Nessa área, as disciplinas teóricas - como conservação de recursos naturais renováveis - alternam-se com práticas de manejo florestal, ecologia aplicada em campo, atividades em laboratórios e viveiros. O estágio curricular é obrigatório, bem como um trabalho de conclusão de curso (TCC).

Duração do Curso: 05 cinco anos (10 semestres acadêmicos)

Algumas disciplinas mais comuns
  •  Silvicultura
  •  Desenho Técnico
  •  Dendrologia Florestal
  •  Zooologia Geral
  •  Entomologia Básica
  •  Colheita Florestal
  •  Entomologia Florestal
  •  Sistemática de Plantas Lenhosas
  •  Biologia Celular
  •  Economia e Planejamento Florestal
  •  Ecologia Florestal
  •  Genética Básica
  •  Melhoramento Florestal
  •  Bioquímica Geral
  •  Anatomia Vegetal
  •  Tecnologia de Produtos Florestais Não-Madeireiros
  •  Anatomia da Madeira
  •  Crescimento e desenvolvimento de Plantas
  •  Ecofisiologia Vegetal
  •  Fisiologia das Plantas Lenhosas
  •  Secagem e Preservação de Madeira
  •  Fisiologia Vegetal
  •  Topografia Básica
  •  Comunicação e Extensão Florestal
  •  Métodos Estatísticos Aplicado à Ciência Florestal
  •  Dendrologia
  •  Manejo Florestal
  •  Inventário Florestal
  •  Sensoriamento Remoto
  •  Dendrometria
  •  Tecnologia da Madeira
  •  Paisagismo e Arborização

ONDE CURSAR ENGENHARIA FLORESTAL?

Conheça as universidades brasileiras que oferecem o curso de graduação em Engenharia Florestal,acesse aqui.

 
COMO É O MERCADO DE TRABALHO?



     Um engenheiro florestal tem um mercado de trabalho amplo. Pode trabalhar em indústrias ligadas a produtos de madeira, empresas do setor de celulose, ligadas ao mercado de carbono, entre outras, além de atuar em órgãos governamentais e como consultor.
    Luciana lembra que hoje existem seis milhões de hectares de florestas plantadas (não nativas) no Brasil e previsão é de dobrar esta marca até 2015. "O que consequentemente vai exigir mais profissionais, além disso o governo trabalha a concessão de florestas públicas para a produção de madeira. O mercado está super aquecido e sente falta de profissionais com formação", afirma.

AMAZÔNIA
  Um dos nichos de mercado para o engenheiro florestal está na Amazônia, segundo a engenheira Patrícia Cota Gomes que desenvolve um trabalho junto às comunidades locais há dez anos. Entre outras funções, Patrícia tem a missão de avaliar comunidades indígenas, ribeirinhas, quilombolas da Amazônia que queiram certificar o produto da floresta para garantir a quem está comprando que a produção respeitou os critérios socioambientais.
"Nesses anos todos trabalhando na Amazônia vejo que há um potencial enorme para os engenheiros florestais. Tem carência de profissionais qualificados que queiram participar do desafio de desenhar projetos sustentáveis", afirma Patrícia.

DIFERENTES RAMOS DE ATUAÇÃO

  O engenheiro florestal tem atuação confundida com a do engenheiro ambiental, já que muitas vezes suas funções estão ligadas à natureza. Enquanto o primeiro é incumbido de conservar e recuperar florestas, o engenheiro ambiental atua na área de saneamento que envolve questões relacionadas à água e esgoto.
  Para trabalhar, o engenheiro florestal precisa estar registrado no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA). Segundo o conselho, os salários variam entre seis a oito e meio salários mínimos, de acordo com a carga horária.

TESTE "QUE TIPO DE ENGENHEIRO VOCÊ É?"
Se ainda há dúvidas sobre qual engenharia cursar, faça o Teste do Guia do Estudante, e descubra qual área de Engenharia você se identifica, FAÇA O TESTE AQUI.


 REFERÊNCIAS
  • Guia do Estudante. http://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/meio-ambiente-ciencias-agrarias/engenharia-florestal-603093.shtml (Acesso em 19/02/2012) 
  • Guia de carreiras do G1. http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/guia-de-carreiras/noticia/2011/09/guia-de-carreiras-engenharia-florestal.html (Acesso em 19/02/2012)

193 comentários:

  1. muito bom esse blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado,

      Continue nos visitando e ajudando a Fortalecer a Engenharia Florestal no Brasil,

      Att,

      Portal Florestal
      O Blog da Engenharia Florestal

      Excluir
  2. Super amei , é o curso que seguirei sem duvidas

    ResponderExcluir
  3. Olá, gostaria de saber como é a matematica do curso? muito dificil? obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maurício, como todo curso de Engenharia, há várias disciplinas que envolvem cálculo, como por exemplo:
      Disciplinas Básicas:
      Cálculo diferencial e integral;
      Álgebra linear;
      Geometria analítica;
      Estatística, entre outras.

      A questão é a seguinte, o curso de Engenharia Florestal envolve disciplinas de cálculo durante os cinco anos, e caso você não goste destas disciplinas de cálculo, sugiro que escolha um curso voltado para as ciências sociais.

      Excluir
    2. Isso eh verdade GA( Geometria Analitica) , os calculos e fisica I,II ... são problema na vida de um estudante de eng.florestal q gosta so da parte biologica.Ja no primeiro periodo muita gnt de desiste do curso por conta dessas materias.

      Excluir
    3. Os cálculos existem durante o curso, mas não vale a pena ficar se matando com esses calculos pq quando vc formar, não encontrará emprego, ou quando encontrar, pagarão muito pouco. Se pretende fazer uma engenharia, faça ambiental, civil, mecanica, eletrica, quimica. Engenharia florestal é um barco furado, acredite amigo, experiencia própria.

      Excluir
    4. Caro,

      as disciplinas de exatas não são problema na vida de estudantes engajados e esforçados, em qualquer que seja o curso, tampouco na Engenharia Floresta.

      O curso querendo ou não, é uma Engenharia, há cálculos sempre!
      Engenharia não é barco furado, pelo contrário, é navio de luxo em construção.

      Experiências Frustradas não contribuem, ao contrário, levamos em consideração as experiencias vitoriosas.

      Att,

      Excluir
    5. Exatamente Luciano. Engenharia Florestal não é barco furado, o problema é que muitas pessoas acham que só o diploma faz milagres.. Vai muito também da competência, encontramos muitos profissionais, de todas as áreas, incompetentes. Mas quem é competente, vai longe como eng. florestal!!

      Excluir
    6. Então apenas contribuem experiências vitoriosas? Então você quer dizer que na vida tudo são flores? Que se deve ignorar os fatos? Um engenheiro que não analisa os fatos, que apenas se interessa em experiências vitoriosas, para mim, não pode ser considerado engenheiro. Quer dizer que você não avalia os riscos dos projetos que voce desenvolve como engenheiro? Temos que avaliar os pontos positivos e negativos sim. Pontos positivos da engenharia florestal: trabalhar com natureza. Pontos negativos: NÃO TEM EMPREGO; PROFISSÃO DESVALORIZADA; Agora me diz, como que alguém vai demonstrar competência se não tem emprego? Você vai ser um engenheiro florestal competente dentro de casa?

      Excluir
    7. Gostei do você escreveu Anônimo. A profissão de Engenheiro Florestal é profissão de Pobretão. Não tem emprego e quando aparece o salário é uma MIXARIA. Sou Engenheiro Florestal concursado, e o salário é uma merdaaaaa! Estou extremamente arrependido de ter cursado essa bosta de profissão, que ninguém respeita, nem valoriza. Conheço muitos engenheiros florestais que tomaram outro rumo para sobreviver. Um conselho importante aos jovens que estão ingressando na Universidade: "NÃO FAÇAM O CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL PELO AMOR DE DEUS!"

      Excluir
    8. Não tem emprego? Não conheço muitos desempregados. Isso é muito relativo. Depende de onde se quer trabalhar...pense nisso, o Brasil é muito grande.

      Excluir
    9. Não diga que Engenharia Florestal seja uma " barco furado",não concordo, você é que não deve ser um profissional exemplar. Sou Engenheira Florestal e estou muito bem, meus amigos também estão ótimo, trabalhando muito. Tem muitos engenheiros ambientais, mecânicos,e outros desempregados também,,,tem que ter raça e correr atrás....eu penso assim..

      Excluir
    10. Maurício, não se preocupe com as frustrações de um profissional de "bosta" que por falta de competência, reclama da vaga que ocupa e do salário que ganha. "Faz o teu" e imagina que "esse aí" é um concorrente a menos prá te chatear. Abraços.

      Excluir
    11. Bom dia....estou lendo todos os comentários, e nunca vi tanta frustração reunida num único tema. O curso dispõe de 5 anos até a formação e nesse tempo alguns não conseguem distinguir o que realmente querem da vida ou para si próprio.
      Talvez seja esse o problema quando se procura fazer um curso/faculdade buscando retorno monetário confortável, e não por identificação ou prazer.

      Excluir
  4. eu nao sei desenhar isso influencia no curso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá CH,

      O desenho técnico faz parte da grade dos cursos de engenharia florestal, contudo, o fato de você não saber desenhar, não é um problema para estar no curso, pelo contrário, suas habilidades com o desenho serão trabalhadas nas disciplinas de Desenho técnico e consequentemente paisagismo, dentre outras.

      Abraços

      Excluir
  5. Eu gostei e vou seguir essa profissao

    ResponderExcluir
  6. Muito bom seu blog parabéns!
    Queria saber se viajar constantemente faz parte do trabalho de um engenheiro florestal? E se fazer estagio vale a pena, em relação ao salário de um estágiario?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Sandro,

      Continue visitando o blog!

      Viajar faz sim parte da vida profissional do Engenheiro Florestal, o mercado passa por um cenário cada vez mais crescente, então a movimentação geográfica do profissional é algo que deve ser sempre levado em consideração. Você pode estar trabalhando no Rio Grande do Sul por exemplo, e a qualquer momento tem que suprir uma demanda no Acre ou Pará, digamos assim.

      Fazer estágio vale muito a pena, independente muitas vezes do salário, o estopim para o crescimento profissionail são as experiencias iniciais. Pode apostar!

      Excluir
  7. Quanto um bom Engenheiro Florestal chega a ganhar com cerca de cinco anos de experiência?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com 3 anos de experiência, ganho na CTPS R$ 8000,00... Vejo muitos reclamando, dizendo que é um barco furado, porém não demorei a arranjar o primeiro emprego, e não acho que o meu salário seja pequeno...

      Excluir
    2. Com 3 anos de experiência, ganho na CTPS R$ 8000,00... Vejo muitos reclamando, dizendo que é um barco furado, porém não demorei a arranjar o primeiro emprego, e não acho que o meu salário seja pequeno...

      Excluir
    3. Se é verdade o que vc afirma, creio que vc é um ponto fora da curva, uma exceção. Tem gente que é formado em pedagogia e ganha bem, mas e daí? Tem um que ganha bem, mais tem milhares que ganham mal.

      Excluir
    4. Existe piso salarial de 06 salários mínimos.

      Excluir
  8. Olá, eu gostaria de um conselho. Meu sonho é fazer algo relacionado ao meio ambiente e trabalhar com isso, por isso eu escolhi Engenharia Florestal, eu quero muito prestar! Mas tenho um único problema, não sou boa em matemática, eu posso estudar muito e me esforçar, mas não sou boa mesmo, sempre com notas médias, você acha aconselhável eu continuar a querer Florestal ou desistir? :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações Florestais,

      O que você acha que é problema, na verdade é desafio. E a vida é feita de desafios, só assim tem graça isso tudo.
      Desistir? de forma alguma. Dê continuidade a seu sonhe e se aprofunde na engenharia florestal, use a matemática como o principal mecanismo ao seu sucesso.

      Não tem segredo, é so se dedicar, estudar, pesquisar e aplicar.

      Boa Sorte e sucesso,

      Att,

      Luciano C.
      Portal Florestal

      Excluir
  9. Olá eu sou apaixonado por vegetal. Gostaria de saber se a Engenharia Florestal é também voltado para a genética ou melhoramento? e existe emprego para essa área.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lhe afirmo com toda certeza caro amigo,

      A Engenharia Florestal é e muito voltada para área de genética e melhoramento florestal.
      Hoje no setor florestal, há necessidade a cada vez mais espécies arbóreas mais resistentes a pragas e doenças, bem como com características que viabilizem maior produtividade.

      É uma das áreas mais abrangentes da Engenharia Florestal. Com relação ao mercado, este é ainda mais aquecido, há necessidade por melhoristas florestais nas instituições, órgãos de pesquisa (Tais como Embrapa) e universidades.

      Hoje, muitas vezes, estes cargos são preenchidos com Engenheiros Agronomos, pois falta o Florestal para isso.

      Então lhe indico esta área, e boa sorte nos estudos.

      Abraços,

      Att,

      Adm. Portal Florestal
      Luciano França

      Excluir
  10. Olá eu sou louca por essa profissão mas não consigo achar uma faculdade aqui em São Paulo para cursar você sabe onde encontrar esse curso aqui em SP?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pâmela,

      Visite o site da FAEF, a Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal do Garça,
      É a única instituição privada melhor avaliada, e equiparada a universidades públicas no bom ensino de engenharia florestal.

      Boa Sorte,

      Abraços,

      Adm. Portal Florestal
      Luciano França

      Excluir
    2. Não Pamella, não faça isso. Procure outro curso superior para vc, pq engenharia florestal é um fracasso, pelo amor de deus, não faça isso com sua vida. Se pretende trabalhar na área ambiental faça engenharia ambiental.

      Excluir
    3. Não. Não e não, sou eng florestal e digo pra vc, gastei meu tempo precioso, cheguei a trabalhar em empresas grande de reflorestamento e sai or e muito desvalorizado.....faça medicina, vc vai ser muito mais feliz....

      Excluir
    4. Pamella, vc vai ficar com a cara no sol o tempo todo, queimando sua pele, medindo dap e altura pra ganhar pouco mais de 3000 reais isso se vc consegui trabalhar em uma empresa florestal......a maioria dos meus colegas q estudou q nem louco hoje estão no banco em caixa, na policia e sorrindo por ter esses empregos....

      Excluir
    5. Caro sr.

      Lamento se você não conseguiu obter sucesso em sua vida profissional.
      A Engenharia Florestal é uma ampla e valiosa área de atuação.
      Infelizmente e felizmente somente bons profissionais e claro, Engenheiros Florestais transformados, conseguem chegar ao topo do sucesso no qual você não conseguiu chegar.

      A frustração é fruto de pouca dedicação, comodismo, preguiça e falta de visão estratégica.

      Att,

      Excluir
    6. Pamella, faço das palavras dos outros anônimos as minhas palavras; procure outra área ou junte o dinheiro de uma facul e empreenda. Se quer engenharia faça civil.

      Gastei 5 anos nessa facul e corri feito louco pra algum tipo de retorno; e oq obtive foi pouco suficiente...

      O problema é que tudo é atrelado à governo, tbm a legislação que regula muitas áreas de atuação é muito instável

      Faça civil meu irmão fez e hj, com menos de 3 anos de formado, esta muito bem e obrigado..

      Já eu estou fazendo a segunda, administração, só para uma melhor gestão do negócio próprio q tenho..

      E como os outros falaram, se vc tiver muita sorte de arranjar emprego, vai ganhar pouco pra ralar muito, e nem adianta se especializar pq vão continuar te pagando do mesmo jeito;

      Num tem nem como correr pra concurso tbm pq, se não for um concurso beeeem especifico, o eng florestal entra na mesma concorrência do eng ambiental e até de tecnólogo ambiental..

      Enfim

      Excluir
    7. Ficar com a cara no sol dentro de uma floresta? Que isso? Kkkk

      Excluir
  11. Queria saber se o salário de um Engenheiro Florestal é bom, tanto o inicial como o final, obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O salário de inicial do profissional formado em engenharia florestal é muito baixo mesmo. Eu mesmo comecei a trabalhar com um salario de R$ 800,00, e era trabalho de inventário florestal em florestas nativas, viajava pra caramba, não tinha vida social, dormia em locais insalubres, e ainda era muito cobrado pela gerencia, que não poupava a lingua para nos atacar. Trabalhei durante 3 anos e 4 meses na área, tenho inglês intermediário, sei trabalhar com ArcGIS, ja fui lider de equipes, elaborei inúmeros relatórios, entre outras atribuições, e mesmo assim sabe quanto eu ganhava na carteira, salário bruto? R$2300,00. Brincadeira nao é. Receber o piso de engenheiro entao, esqueça. Pra mim é uma das piores áreas do mercado de trabalho brasileiro.

      Excluir
    2. Israel, não ligue para o que diz este Anônimo. Tudo dependerá de sua competência, em qualquer profissão. Dos que se formaram comigo, a maioria está empregado. Os que não estão, é por comodismo. O primeiro salário de qualquer profissão nunca é uma fortuna, mas é nele que você mostra a sua capacidade. Existem eng. florestais desempregados, e existem eng. florestais uqe ganham mais de 50 mil por mes. Tudo depende da capacidade, de saber enxergar a oportunidade e gostar do que faz.

      Excluir
    3. Israel, não ignore a verdade, o meu relato é real, mas se vc quiser ficar com a ilusão que esse povo insiste em disseminar, vc é quem sabe. Eu estou tentando te alertar, porque eu queria que alguém tivesse me avisado antes de eu me formar em eng. florestal. O engenheiro florestal não tem estabilidade no emprego, são prestadores de serviços que atualmente estão desvalorizados. O mercado está saturado de profissionais. Não existe isso de comodismo. Dos que formaram comigo, a maioria massacrante está desempregada, trabalhando no operacional, estudando para concurso dos bombeiros, polícia militar, entre outras situações. Estão praticamente vendendo o almoço para comprar a janta. Aqueles que tem dinheiro estão fazendo outro curso superior, outros fazendo técnico em alguma coisa. Não existe isso de que depende da capacidade, de saber enxergar, de gostar do que faz. Isso é papinho de livro de auto ajuda. O mundo real não tem dessas bonitas palavras não, é olho por olho e dente por dente. Se eu pudesse voltar no tempo, eu nunca teria feito esse curso. Foram 5 anos da minha vida jogados no lixo. Agora correr atrás do prejuízo é foda, já estou mais velho, tenho família, e agora? Quer uma consultoria vocacional e de mercado de trabalho gratuita? Lá vai: não faça engenharia florestal.

      Excluir
  12. boa noite, gostaria de saber, se eu fizer a graduação em qualquer universidade estadual ou federal, eu posso atuar como engenheiro florstal em qualquer parte do brasil ? ou a universidade prepara o aluno apenas para a região onde se encontra ? obrigado

    ResponderExcluir
  13. Olá, sou acadêmica de Eng Florestal e preciso recrutar os colegas de trabalho já formados para uma entrevista que pode ser feita via telefone, já que sou do Pará. Ou por email. Gostaria muito que algum de vocês me ajudassem, meu email é adinymartins@gmail.com, sou aluna da UFRA. (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se puder colaborar será um prazer milasangali@hotmail.com. O telefone te passo após segundo contato.

      Excluir
  14. Boa noite ! Vou ingressar nesse curso agora no meio do ano e através das minhas pesquisas acredito que essa seja a profissão que sonhei. =) Porém, tem uma dúvida que muito me aflige , a localidade de trabalho... Então gostaria de saber como que é o mercado de trabalho pra essa área no Rio de Janeiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem dois cenários possíveis: em um você ganha mal, e no outro vc está desempregada. Simples, esse curso é furada. Desista enquanto ainda dá tempo e tente estudar outra coisa.

      Excluir
  15. Olá, sou de Curitiba. Eng. Florestal é um dos cursos que mais me interessei. Porém, tenho duvidas quanto ao mercado de trabalho aqui no Paraná... É amplo? Obrigada.

    ResponderExcluir
  16. Estou no primeiro semestre de engenharia ambiental em uma faculdade privada. Consegui vaga na Universidade Federal de Mato Grosso para engenharia florestal. Sei que é o curso que quero mas tenho duvidas quanto a parte financeira! Qual a profissão mais valorizada financeiramente? Engenharia florestal ou engenharia ambiental?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa Neves, engenharia ambiental, com toda certeza! Engenharia Florestal está muito desvalorizada no mercado, estão pagando R$ 1.200,00 de salário, fora que o mercado de trabalho está super estagnado. Não vale a pena mudar não, vai por mim. Sou formado em engenharia florestal, e quase todos meus colegas de turma e de faculdade estão sendo forçados a mudar de área de atuação. Eu mesmo estou estudando para concursos publicos nas áreas de bancários e nivel médio.

      Excluir
    2. Larissa desista de eng florestal.....o mais rápido possível....se vc q se integrar na área de meio ambiente faça eng ambiental....va, experiência própria!!!!

      Excluir
    3. Boa Tarde, faço engenharia florestal na UFV, estou vendo varias pessoas comentando que o curso e ruim, so digo uma coisa pode ser ruim pra você que é um mal profissional, tenho vários amigos ja formados no curso todos estão trabalhando e ótimas empresas do pais, e com salário muito bom, além do salario bom a empresa ainda fornece casa e carro na garagem para todos eles, este e o curso que escolhi e ja sei que vou ter um futuro brilhante na área pois estou dedicando meu tempo para poder apanhar todo conhecimento possível para me destacar entre estes perdedores que so sabe reclamar.

      Excluir
  17. Larissa Neves, engenharia ambiental, com toda certeza! Engenharia Florestal está muito desvalorizada no mercado, estão pagando R$ 1.200,00 de salário, fora que o mercado de trabalho está super estagnado. Não vale a pena mudar não, vai por mim. Sou formado em engenharia florestal, e quase todos meus colegas de turma e de faculdade estão sendo forçados a mudar de área de atuação. Eu mesmo estou estudando para concursos publicos nas áreas de bancários e nivel médio.

    ResponderExcluir
  18. E olha que eu tenho 3 anos e 4 meses de experiência na área, falo inglês intermediário, sei trabalhar com ArcGIS, e mesmo assim nunca ganhei o piso salarial do engenheiro. Não faça engenharia florestal, é um erro e você vai se arrepender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada adianta ter currículo, falar ingles, navegar no ArcGis, plataforma CAD, especialização, Mestrado, Doutorado, se não tem Visão Estratégica das ações de um engenheiro florestal.

      Att,

      Excluir
    2. Oi Luciano

      Pela sua cara, você deve ser estudioso de anatomia da madeira.

      Excluir
  19. O salário de inicial do profissional formado em engenharia florestal é muito baixo mesmo. Eu mesmo comecei a trabalhar com um salario de R$ 800,00, e era trabalho de inventário florestal em florestas nativas, viajava pra caramba, não tinha vida social, dormia em locais insalubres, e ainda era muito cobrado pela gerencia, que não poupava a lingua para nos atacar. Trabalhei durante 3 anos e 4 meses na área, tenho inglês intermediário, sei trabalhar com ArcGIS, ja fui lider de equipes, elaborei inúmeros relatórios, entre outras atribuições, e mesmo assim sabe quanto eu ganhava na carteira, salário bruto? R$2300,00. Brincadeira nao é. Receber o piso de engenheiro entao, esqueça. Pra mim é uma das piores áreas do mercado de trabalho brasileiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então ta bom, o mercado está "aquecido" como vcs dizem, então me diz por que no site Agrobase, que disponibiliza vagas de empregos, na seção para engenheiro florestal, não tem empregos para florestais, mas sim para eng. ambientais, agrônomos e administradores? Deem uma olhada e tirem suas próprias conclusões: http://www.agrobase.com.br/oportunidades/vagas/emprego-engenharia-florestal/

      Excluir
    2. Isso, deem uma olhada no site da agrobase e vejam como as informações que esse anônimo vem citando são MENTIROSAS! O site é confiável e divulga oportunidades de emprego e concursos para todo o Brasil e diversas áreas da Engenharia Florestal!

      Excluir
  20. Esse curso é uma merda, só serve pra carreira acadêmica, pra ensinar outros engenheiros florestais uma carreira fracassada! Se quer trabalhar com meio ambiente, faça engenharia ambiental.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo!!!! E os professores são umas merdas ainda, bando de preguiçosos. Não ensinam nada.....fracassados, não conseguiram achar empregos e foi pra vida acadêmica!!!!!!!

      Excluir
    2. Se o curso que você fez é fraco, é outra questão... Agora dizer que o mercado é ruim, vocês realmente estão por fora... Ninguém entra no primeiro emprego ganhando nenhuma fortuna em nenhuma profissão. Os primeiros anos sempre são complicados em todas as profissões., Mas quando você mostra a sua competência, você cresce muito. As empresas vão atrás de você. Depois que você entra no mercado da eng. florestal e mostra que você é competente, você escolhe os empregos à dedo! E não adianta culpar seus professores pela sua má formação. A maior parte do aprendizado depende dos alunos, que devem correr atrás do conhecimento. Os que correram estão super bem, e os que não correram ficam reclamando, achando em quem pôr a culpa.

      Excluir
    3. Se esta é sua definição de professores, então porque vocês não ingressam na vida acadêmica?

      Excluir
  21. Então ta bom, o mercado está "aquecido" como vcs dizem, então me diz por que no site Agrobase, que disponibiliza vagas de empregos, na seção para engenheiro florestal, não tem empregos para florestais, mas sim para eng. ambientais, agrônomos e administradores? Deem uma olhada e tirem suas próprias conclusões:
    http://www.agrobase.com.br/oportunidades/vagas/emprego-engenharia-florestal/

    ResponderExcluir
  22. Agrobase é fraco.. mas sempre tem empresa ligando para a universidade perguntando por indicações.. sem contar quando eles encontram o currículo da gente e nos ligam do nada com ofertas tentadoras.. a última, mês passado, chegou a 18 mil. mas ainda assim, para mim, não compensa..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acredito nunca nessa oferta de 18k, nem a pau, impossível. Há não ser que tenha QI. A realidade é essa, doa a quem doer: fazer engenharia florestal é perecer no desemprego.

      Excluir
    2. E eu penso que esse moço não passa de um idiota, frustrado, acomodado. Pobre indivíduo! meu caro, se você não tem competência para assumir cargos com salários melhores, não culpe a profissão, culpe a si mesmo por desistir de uma área de atuação tão bela que é a engenharia florestal! tenho uma satisfação imensa de estar nesse curso! Você é tão pobre a nível de conhecimento que pelas palavras fica explícito que você poderia ser médico, advogado, professor ou até mesmo em outras áreas da engenharia, culparia do mesmo jeito pelo seu fracasso, se não gosta da profissão parceiro, cai fora pois engenharia ou qualquer outra profissão não se permite fracassados, e quando digo isso, não me refiro a quem está desempregado, me refiro à aqueles que inventam desculpas esfarrapadas para tentar driblar o nível de incompetência e acomodação... o mercado exige que vc não seja apenas bom, deve ser excelente, seja médico, professor, astronauta, policial, bombeiro e até mesmo engenheiro florestal! passar bem!

      Excluir
    3. Perfeita sua colocação anônimo, pessoas sem perfil estratégico, só conseguem ver oportunidades onde todos veem, não tem diferencial algum! Inglês e arcgis já estão desafasados, saiba alemão, japonês, domine técnicas e aprenda a criar programas que facilitem a gestão das empresas florestai, faça o patenteamento, venda sua ideia, venda seu serviço e produtos, se o que você tem é conhecimento, pelo que percebo está deixando de aplicar e lucrar com isso. O mercado é exigente, o que mais tem é advogado sem clientes, médicos ganhando pouco, administradores empregados e ganhando pouco. Agora observe os mesmos profissionais que tem uma situação satisfatória, buscaram conhecimento em suas áreas, se destacaram dos demais por competência, estudo, expertise, do contrário seriam apenas mais um no mercado. Traduzindo, não existe curso bom e lucrativo para um profissional ruim ou mediano. Se espertem pessoal, o mundo que vivemos não permitem mais pessoas desvalorizadas, mostrem seu valor, sejam diferentes em algo e com certeza obterão sucesso até como o exemplo de camelô do Silvio Santos, poderia ser mais um no meio da multidão. Até mais e bons estudos e dedicação a todos.

      Excluir
  23. ENGENHARIA FLORESTAL É UMA DAS PROFISSÕES MAIS BELA ,PELO SIMPLES FATO DE ESTAR EM CONTATO COM A NATUREZA, E SALVANDO AS AREAS DESMATADA. AGORA O SÁLARIO , QUEM SABE FUTURAMENTE SEJA RECONHECIDA , E SEJA UM DOS MAIS BEM PAGOS!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É PODE ATÉ SER ....... VAMOS VER FUTURAMENTE!!!

      Excluir
  24. Vaga de estágio para estudante do último período de Engenharia Florestal.
    Interessados favor enviar cv para vfroiman@melhoramentos.com.br.
    URGENTE!
    OBrigada

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Oi ,estou informando aos administradores do portal que a Universidade Estadual do Pará (UEPA), possuir o curso há 2 anos, pois antigamente era ( Tecnologia Agroindustrial - Madeira ), embora eu seja estudante(calouro) dessa universidade, estou no 2 semestre, e não sei todos os motivos, para curso ser transformado em engenharia florestal. Dessa forma ,o curso de engenharia florestal já pode ser procurado nessa universidade.

    ResponderExcluir
  27. Boa tarde, estou mim formando em técnico em meio ambiente, e gostaria de cursar engenharia florestal, gostaria de saber se tem alguma diferencia nessas duas áreas ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puta que pariu...eleita pior pergunta até agora.

      Excluir
    2. As diferenças são muitas.

      Porém a semelhança é que são duas áreas que há grande chance de você ser desempregado e desempenhar cargos sem relevância nas empresas e indústrias, pois voce será o tipo de funcionário que não dá lucro para a empresa, só dá despesas, então será duramente excluído das reuniões.

      Excluir
    3. Esse Gueo Santos deve ser algum índio vindo da Amazônia. Olha só como ele se expressa: Mim formado em técnico em meio ambiente. Mim querer cursar Engenharia Florestal. Mim querer saber se tem alguma diferencia nessa duas área...

      Excluir
  28. Meu esposo é Engenheiro Florestal e vem lutando, com alguns colegas, há anos para a inclusão do EF para o exercício do cargo de Fiscal Federal. Todavia, a luta está pesada. Recentemente li uma Deliberação do CONFEA (http://www.confea.org.br/media/0706_2013_PT_CF-3864_13_e_CF-3927_13.pdf), que me deixou estarrecida. Creio que o CONFEA deveria, neste momento, lutar para que o EF seja incluído na Resolução nº 1.048/2013, haja vista que o EF tem uma grande relevância na construção e reconstrução da natureza para a atual e futura gerações. É o meu parecer.

    ResponderExcluir
  29. Seguinte: após 4 anos de formado em uma das melhores universidade do país e 4 empresas diferentes,estou com um salário de 4.200 e aluguel por conta da empresa. Cheguei a ter um salário de 5.000 mais aluguel, mas por motivo particular tive que sair. Por 2 vezes me localizaram no linkedin e me convidaram para entrevista em inglês. Uma com salário de 5.000 e outra a partir de 8.000. Por não dominar o idioma, perdi as duas.
    Após formado, passei 10 meses desempregado, até conseguir um emprego simples (R$ 1200 medindo parcela de inventário) . De degrau em degrau estou subindo.
    Minha dica para quem for fazer o curso é não vacilar. Leve a sério, APRENDA INGLÊS,faça estágios, faça parte de grupos de estudo, empresas júniors, algum trabalho social ou algo do tipo. Isto faz muita diferença quando não se tem experiência profissional. É a unica forma de vc mostrar para a empresa contratante que vc tem iniciativa, apreço pelo trabalho e interesse. No caso de não fazer nada, vc simplesmente não mostra nada.

    Sou de MG e para conseguir crescer, meti a cara. Já trabalhei em MG, Bahia,Maranhão, MS e Pará.

    Salário inicial recém formado: entre 2 e 3 mil em empresa menor e entre 3,5 a 5 mil em empresa maior. Porém a maioria esmagadora começa nas empresas menores mesmo.



    ResponderExcluir
  30. Apenas completando meu comentário acima, não me arrependo de ter feito eng florestal. Já conhecí vários lugares e gosto muito do meu trabalho.
    E quanto a alguns desanimados que estão comentando, gente com dificuldade em conseguir uma boa colocação tem aos montes, em todas as áreas. Meu conselho é antes culpar os outros, olhar para o próprio umbigo e ver no que se deve mudar para que as coisas melhorem.

    ResponderExcluir
  31. Vou começar a cursar Eng. Florestal ano que vem, e tenho muito medo de não achar emprego, e principalmente de não ser bem sucedida financeiramente, isso pode acontecer ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza. Se você está em busca de dinheiro, eng. florestal não é o curso para você.

      Excluir
  32. Ola não posso deixar de comentar aqui, visto os comentários acima descritos. Alguns comentários elogiando e valorizando o curso e outros extremamente decepcionados com a graduação e posterior ingresso no mundo real.
    Bom sou formado em Eng Florestal e queria aqui deixar registrado para quem esta na dúvida ou pensando em fazer o curso que na região Sul, existe muita concorrência para este tipo de profissão.
    A maioria de meus colegas esta desempregado se especializando mais, fazendo outra graduação ou ainda trabalhando em outra área, muitas vezes nada a ver com Eng Florestal.
    Se eu tivesse hoje a vivência de mundo que tenho, nunca teria cursado esta graduação. Achei que era uma maravilha, que tinha emprego, mas é um mercado que não existe, com pouquíssimas vagas e as que tem oferecendo um salário de fome.
    Entrando na realidade todos querem ter uma vida digna e também proporcionar uma vida digna para seus familiares.A Eng Florestal me decepcionou muito e hoje sou muito frustrado por ter cursado esta graduação. É um curso muito especifico, apenas florestas e não permite você ser realocado para outra área com essa formação. O jeito e estudar como um condenado para passar num concurso público e ganhar um salário digno.
    Grade abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A única saída é fazer especialização em engenharia de segurança do trabalho.

      Excluir
  33. Podes crer, sou engenheira ambiental e sei que o curso de engenharia florestal é mais completo na área de flora e fauna, e se fosse fazer novamente faria florestal, pois o meu currículo está mais voltado para a engenharia civil. Quanto ao salário é relativo, pode abrir uma consultoria e ganhar muito mais que um assalariado, conheço profissionais que ganham mais que 150.000 por ano só fazendo projetos para particulares e prefeituras.

    ResponderExcluir
  34. vcs precisam incluir a UEPA universidade do estado do pará pois esta ja oferece o curso de eng. florestal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para quê?

      Serão somente mais um bando de desempregados.

      Excluir
    2. Prezado Leitor,

      Lamentamos muito ver seus sonhos e perspectivas falidos.
      Infelizmente nosso mercado, de fato, não tem espaço para todos, sobretudo ao pessimismo e ausência de visão estratégica.

      Faça valer a pena a Engenharia Florestal, buscar trabalho e focar, ao invés de fica plugando na nossa página simplesmente para desestimular nossos estudantes.

      Por favor, a poesia não é de quem faz, mas só pra quem precisa!

      Excluir
  35. olá Luciano Boa Tarde, sou do Rio e gostaria de saber se o mercado de trabalho de um Engenheiro Floresta aqui no RJ esta em alta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mercado procura por profissionais com vasta experiência na área de interesse.

      Mas existem muitos eng. florestais desempregados.

      Excluir
    2. Prezado Leitor Anônimo,

      Acredite, existe Engenheiro Civíl e até Médico desempregado!
      Não está fácil para nenhuma área.

      Foco!

      Excluir
    3. Cara como você mente.Não existe médico de sempregado,não existe dentista desempregado

      Excluir
  36. Queria muito cursar Eng. Florestal, mas tenho receio quanto ao mercado de trabalho. Quero algum curso que tenha matérias de biológicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cursos na área de biológicas estão saturados de profissionais.

      Excluir
  37. O curso de EF tem muita física?

    ResponderExcluir
  38. Engenharia Florestal = desemprego.
    Ou pior, a pessoa estuda 5 anos, se forma, para depois ficar andando o dia todo no meio do mato, sem água para beber, cheio de mosquito, cobras, animais peçonhentos (se tiver alergia então, corre grande risco de morrer ali mesmo), para ficar medindo diâmetro e altura de árvores em parcelas o dia inteiro, para ganhar 1500R$... sem comentários. É bem frustrante. Vai na fé!
    Olha essa foto nesse link: https://www.google.com.br/search?q=engenheiro+florestal+medindo+dap&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=2hDIVI_jIs7dsATTt4LwAw&ved=0CAkQ_AUoAg&biw=1366&bih=655#imgdii=hBsBSLmMfjZD6M%3A%3B5PkVl6pNIH96XM%3BhBsBSLmMfjZD6M%3A&imgrc=hBsBSLmMfjZD6M%253A%3BMhiRxZ1ULncR_M%3Bhttp%253A%252F%252Fcmq.esalq.usp.br%252Fdisciplinas%252Flcf410%252Fmedindo2.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Fcmq.esalq.usp.br%252Fdisciplinas%252Flcf410%252F%3B542%3B360 . Agora me responde, se o eng civil, mecânico, tem que ficar o dia todo igual um peão medindo pau, no meio do mato desgraçado??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. para isso temos os funcionários, técnicos. Engenheiros Florestais com competencia só faz os calculos no escritoriostipo area basal e outros afins. , Sim tem vezes que temos que pegar no "batente", mas quando voce faz algo que gosta sempre sai bem feito. Esse é o segredo do sucesso. Aos que falam mal da profissao tenho toda a certeza em dizer que nao passam de preguiçosos que tiveram medo de enfrentar seus desafios. Pois como toda profissao tem que encarar seus medos, arregaçar as mangas e nao ter medo do futuro e desafios que viram.

      Excluir
    2. Engenharia florestal é um curso dentre as engenharias de segundo plano, as menos importantes no contexto econômico. Engenheiros civis, mecânicos, elétricos, de produção, existem em todas as industrias. Agora para engenheiros florestais não há demanda. Na área de meio ambiente, te contratam como técnico ou analista, e te pagam R$2.000, e vc ainda disputa vagas com biólogos, agronomos, eng. ambientais, tecnólogos, entre outros. Em uma obra de grande porte, por exemplo, exigem-se poucos engenheiros florestais. Muitos prestam serviços temporários, ganham pouco. Já as outras engenharias que citei anteriormente dominam e comandam em qualquer tipo de obra.

      Na área florestal, tem mais demandas para técnicos, encarregados, operadores. Já para engenheiros florestais, são pouquíssimas vagas. Nas empresas grandes, é quase impossível de entrar, mais fácil tentar ganhar na loteria.

      Mas boa sorte para que ainda insiste em estudar esse curso.

      Excluir
  39. Na Estado de Santa Catarina não tem emprego rodei de carro e visitei todas as empresas do Setor.

    ResponderExcluir
  40. Olá, primeiramente gostaria de parabenizar ao Blog. Os conteúdos são muito detalhado e esclarecedor! Gostaria também, de saber se o fato de eu ser péssima (não sei nada >.<) em matemática e não saber desenhar tornam esse curso impróprio para mim... muito obrigada! espero que respondam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado caro Leitor,

      O fato de não ter muita afinidade com exatas, não é barreira para cursar esta Engenharia Fantástica!

      A Engenharia do Presente!

      Excluir
  41. Nem tudo são flores na Engenharia Florestal meus caros amigos. Sou formado nesta profissão, concursado, e a prefeitura em que trabalho me paga uma mixaria todo mês. A prefeitura só age em detrimento de seus interesses. O licenciamento, o monitoramento e a fiscalização ambiental é uma merda. Há uma lerdeza geral na administração, tudo é precário. Ninguém te respeita. O secretário de meio ambiente é preguiçoso e, nunca está aberto às idéias inovadoras. Esta é a pior profissão do Brasil. Deveria ser excl das Univeridades BrasileirasSe voltasse no tempo, jamais teria feito essa engenharia de "BOSTA".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo cara. Engenharia de BOSTA é o termo mais adequado para definir esse curso. Não estou falando que eng. florestal é o pior curso que existe, mas com certeza está entre os piores. Fora que na maioria dos empregos o eng. florestal tem que ralar igual peão pra ganhar R$ 2.000. Não sei, talvez trabalhar na Fibria, Suzano, Klabin, como eng. florestal deve ser bom. Mas no ramo da consultoria ambiental está foda. É ralação d+ pra ganhar mixaria.

      Excluir
  42. E o pior de tudo é que além do curso ser muito ruim de emprego, hoje em dia quase em qualquer canto tem uma universidade que oferece o curso de eng. florestal. Aí fudeu de vez, já não tem emprego para os eng. formados, que dirá agora. Daqui uns dias eng. florestal estará igual direito, com um eng. florestal em cada esquina.

    ResponderExcluir
  43. Já dessas realidades de prefeitura, qualquer área é bosta mesmo; mas ao menos em outras profissões vc não atrela sua responsabilidade civil nas merdas feitas..

    Comentei aqui já, dando conselho pra Pamela, voltei.. Vc que os "frustrados" só crescem e ainda tem gente falando que são casos isolados..rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Leitor,

      Nós acreditamos em visão estratégica.
      Toda profissão passa por dificuldades,
      Profissionais desempregados, 'frustrados', e desocupados, existe em toda profissão.
      São esses que acham que não existe mercado e não tem visão estratégica de planejamento empresarial no setor.

      O mercado é sim cruel, e só absorve os melhores!

      Forte abraço,

      Excluir
    2. Você Luciano, é um garotão bundão visionário e sonhador, que acha que o ramo da engenharia florestal é promissora. Eu sou engenheiro florestal, e estou no ramo a 12 anos, e posso te garantir, que é a profissão mais bosta do Brasil. Essa profissão não deveria nem ter sido criada pelo MEC.

      Excluir
  44. Tenho que concordar com o amigo que esta indignado com a profissao eng. Florestal é o pior curso para quem quer ganhar dinheiro no brasil.

    ResponderExcluir
  45. Oi, sou caloura em eng. florestal, e estou apenas esperando as aulas começarem. Bom, lendo todos os comentários fiquei com uma duvida, eu moro no interior do Pará, mas sei que em toda a região norte tem várias empresas que empregam profissionais nessa área, e sendo a trabalho, posso me deslocar pra qualquer área do norte, mas tenho preferencia pelo o meu estado, sinceramente fiquei até surpresa pelos comentários, enfim, a minha duvida é que mesmo eu morando no Pará, terei dificuldades de encontrar um bom emprego ? (eu sei que isso depende muito do profissional) mas realmente terei grandes dificuldades, até mesmo eu morando na região norte ? Obrigada.

    ResponderExcluir
  46. Não recomendo estudar Eng. Florestal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Anônimo! Eu sou engenheiro Florestal e também não recomendo a cursar essa profissão falida e desvalorizada. Ninguém te respeita como Engenheiro e te pagam uns R$ 1.200,00 por teu trabalho. Vá fazer medicina e engenharia civil que dá dinheiro. Não perca tempo com a Engenharia Florestal. Engenheiro Florestal = "LISO"

      Excluir
  47. Estava tão decidida a prestar vestibular esse ano para engenharia florestal. No entanto, ao ler esses comentários frustrantes, me vi desestimulada. :/

    ResponderExcluir
  48. Valeu garota! Te aconselho não fazer Engenharia Florestal. Esta profissão é desvalorizada e muito mal remunerada. Sou Engenheiro Florestal e já ralei muito para conseguir um emprego e quando consegui passei a ganhar R$ 1.440,96, trabalhando feito um louco no meio do mato. Ninguém te respeita e te valoriza. Se sonhas em ganhar um bom dinheiro e ser feliz, arranca essa idéia de cursar o curso de Engenharia Florestal. Busque outro curso que paga bem e te valoriza e te respeita como profissional. Engenharia Florestal é a bostas das bostas do ramo da Engenharias.

    ResponderExcluir
  49. Quando você usa a expressão "no meio do mato" já dá pra observar que essa realmente não é sua área. Apesar de todos esses comentários contra eu vou em busca do meu sonho de ser eng. Florestal, não me vejo fazendo outra coisa... Trabalhar com a natureza pra mim não é opção, é escolha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você quer trabalhar com natureza, então faça biologia, que é outro curso que oferece péssimas condiçoes de ascensão profissional, mas que te dá a opção de trabalhar com a parte de fauna também. Mas não pense que trabalhar com natureza é tranquilo não viu. Quanto à expressão "no meio do mato", esta vem de pessoas que já são profissionais que conhecem o mercado de trabalho, e não cabe a você, principiante barriga verde, questionar a força dessa expressão. No meio do mato você tem que conviver com animais peçonhentos, calor intenso, poeira, sede, teias de aranha na cara, carrapatos (muitos), salário baixo, vida social inexistente, sem tempo para ir no banco. Mas se vc escolhe essa opção, mesmo com tanta gente alertando a não seguir, só te desejo sorte para estudar 5 anos para ser explorado e ganhar R$2.000,00.

      Excluir
    2. Prezado Sr. Anônimo,

      Não venha ao meu Site descaracterizar projetos e sonhos dos nossos estudantes e profissionais. A Engenharia Florestal é a melhor profissão do mundo para que a sabe fazer.

      Não seja complacente com o medo, identifique-se, não venha perder seu tempo se passando por todos os comentários contráriados e frustrados.

      Seja um Homem! Seja um Profissional!

      Att,

      Excluir
    3. Fico feliz em saber que existem locais que oferecem boas oportunidades para engenheiros florestais. O sentimento dá maioria dos meus colegas de profissão também é frustração devido a baixa valorização e poucas vagas de emprego. O curso realmente é apaixonante mas a realidade do mercado de trabalho não é fácil. Na minha região a maioria dos engenheiros florestais que conseguem um salário melhor atuam na área de georreferenciamento... O mercado de madeira nativa está desaquecido e produtos florestais não madeireiros são pouco explorados... Enfim... vamos nos enquadrando no que dá... Rsrs espero sinceramente por dias melhores e como disse anteriormente, fico feliz em saber que existem locais no país em que existem felizes e bem remunerados. Pra quem ainda não se decidiu deixo minha dica: conheçam o perfil do mercado onde estão... Isso talvez teria me ajudado a 16 anos atrás...

      Excluir
  50. Nossa ... esses comentários me deixaram em grandes dúvidas ... faço um curso técnico em Floresta, e através dele foi que quis cursar engenharia Florestal, porém não conseguir a vaga na estadual do Amapá, mas no entanto consegui a vaga na federal do Amapá em Licenciatura em Informática e uma bolsa integral do Prouni de Biomedicina ... agora meu nome está em primeiro na lista do prouni para engenharia Florestal no Immes ... porém estou na dúvida agora ... em qual eu fico.

    Estou atualmente fazendo Biomedicina.
    agosto começo Licenciatura em Informática e se continuar estarei com a oportunidade de cursar engenharia Florestal.

    Todas tem matemática é eu amo todas elas ... porém tenho 33 anos ... e não posso me dá ao luxo de tentar!

    Obrigado por uma boa ajuda se vier

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AMIGO, A ENGENHARIA FLORESTAL E UMA ÁREA MUITO BOA. EM QUESTÃO DE SALÁRIO, EU TAMBÉM SOU DO AMAPÁ, E GARANTO QUE SE VOCÊ SE ESFORÇAR E SE DEDICAR, VOCÊ VAI GANHAR MUITO DINHEIRO, MEU VIZINHO TEM 29 ANOS E É ENGENHEIRO FLORESTAL, AMIGO ELE ESTA MUITO BEM; ELE TEM UMA SENHORA CASA, COMPRO AGORA UMA HILUX, E ESTA MUITO BEM. AGORA TE DIGO O QUE ELE ME DISSE, SE VOCÊ QUISER VIVER SO DO QUE VOCÊ APRENDEU NA UNIVERSIDADE, VOCÊ REALMENTE VAI PASSAR FOME, MAS SE VOCÊ VIVER DA ENGENHARIA FLORESTAL, E SE ESPECIALIZAR, VOCÊ VAI GANHAR MUITO DINHEIRO, E AINDA VAI TRABALHAR NO QUE VOCÊ AMA.

      Excluir
  51. O carreira de Engenheiro Florestal é uma piada. Além do mercado de trabalho ser horrível, quase não usamos o CREA, e ainda por cima, já está saturado de profissionais, pois inúmeras universidades oferecem esse curso sendo que o mercado não tem condições de absorver tantos profissionais.

    Na área ambiental, os Engenheiros Ambientais e Biólogos podem fazer exatamente tudo que fazemos.
    Na área de silvicultura, os Agrònomos podem fazer tudo o que nossa atribuição proporciona. A única coisa, prestem bastante atenção, que o Eng. Florestal pode fazer, que nenhum outro profissional pode, é emissão de DOF, que é somente para comercialização de madeira de origem nativa, ou seja, para madeira de reflorestamento não é necessário.

    Ser um Engenheiro Florestal é humilhante. Se eu pudesse voltar no tempo, com certeza absoluta eu NUNCA estudaria engenharia florestal.

    ResponderExcluir
  52. AMIGO, A ENGENHARIA FLORESTAL E UMA ÁREA MUITO BOA. EM QUESTÃO DE SALÁRIO, EU TAMBÉM SOU DO AMAPÁ, E GARANTO QUE SE VOCÊ SE ESFORÇAR E SE DEDICAR, VOCÊ VAI GANHAR MUITO DINHEIRO, MEU VIZINHO TEM 29 ANOS E É ENGENHEIRO FLORESTAL, AMIGO ELE ESTA MUITO BEM; ELE TEM UMA SENHORA CASA, COMPRO AGORA UMA HILUX, E ESTA MUITO BEM. AGORA TE DIGO O QUE ELE ME DISSE, SE VOCÊ QUISER VIVER SO DO QUE VOCÊ APRENDEU NA UNIVERSIDADE, VOCÊ REALMENTE VAI PASSAR FOME, MAS SE VOCÊ VIVER DA ENGENHARIA FLORESTAL, E SE ESPECIALIZAR, VOCÊ VAI GANHAR MUITO DINHEIRO, E AINDA VAI TRABALHAR NO QUE VOCÊ AMA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei não hein, engenheiro florestal na região amazônica, andando de carrão...Já trabalhei na região amazônica, e muitos fazendeiros me falaram que manejo florestal não dá dinheiro não, o que dá dinheiro é emissão de DOF "frio". O eng. florestal emite o DOF de uma área de capoeira (que não possui potencial madeireiro), enquanto o madeireiro retira madeira de outra área de florestal, ilegalmente.

      Excluir
  53. Venho deixar minha experiência como aluna de Engenharia Florestal da UFAM: Bom, no primeiro período passei por dificuldades familiares e quase fui forçada a desistir do curso, felizmente recebi uma oportunidade maravilhosa de estágio remunerado em um Laboratório de Manejo Florestal e o único pedido que me fizeram foi: não desista do curso. Com o passar do tempo trabalhando nesse laboratório percebi que realmente PROFISSIONAIS de engenharia florestal. O meu curso tem um nível de desistência altíssimo, não chegam a ser formar nem 20 profissionais de uma turma inicial de 46 alunos. O que digo é: você tem que amar a profissão, só quem realmente ama a floresta ver com outros olhos e chega até a atuar na área de forma diferente. Estudem! Muito! O mercado de trabalho exige que você seja muito bom naquilo que faz. E não tenham medo de arriscar: a oportunidade pode não estar aí na sua cidade, por estar em um lugar muito longe ou na cidade vizinha. Aos que pretendem fazer o curso: façam! Eu não me arrependo de ter escolhido a área, sou muito feliz com o meu curso e pretendo fazer muito pelo meu curso. Enfim, essa a minha opinião e minha experiência. Não indico ninguém a desistir dos seus objetivos, muito pelo contrário eu apoio, e acreditem estou torcendo para que todos aqueles que estão querendo fazer o curso que façam e tenham muito sucesso!


    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por enquanto você ainda é estudante, cheia de esperança; inocente, não conhece muito da vida ainda. Mas espero ver essa empolgação depois que você estiver formada, com a carreira em andamento, e perceber que está numa furada.

      Excluir
  54. Gostaria que está minha dúvida seja respondida por qualquer um que já trabalhe na área:
    Qual é na realidade o mercado de trabalho para aqueles que seguem esta carreira? Depende da sorte. da universidade, das qualidades que consegui durante o curso ou ... o quê? Ao mesmo tempo que ouço relatos de profissionais totalmente bem sucedidos também existem muitos outros de pessoas que amavam o que faziam e tiveram de seguir a vida em outra profissão para poder simplesmente sobreviver e não ficaram desempregados. Até hoje amei tudo que vi sobre esta carreira mas começo a temer pelo mercado de trabalho que me espera. Agradeço desde já a qualquer um que tiver informações a compartilhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nilson, aconselho a você não fazer o curso de Engenharia Florestal. A engenharia Florestal no Brasil é uma profissão falida. Os salários são baixíssimos e as ofertas de empregos são pífias. Ouça o conselho de um profissional que possui 12 anos de profissão e que se sente amargamente arrependido de ter se formado nesta profissão de POBRETÃO. Se você quer ser um profissional bem sucedido e respeitado, faça outro curso no ramo da Engenharia, mas por favor, jamais faça Engenharia Florestal.

      Excluir
  55. Para aqueles que não tem preguiça de trabalhar, a eng florestal é um ótimo ramo de trabalho! Ou vocês acham que um medico ou advogado , ou qualquer outra profissão se não houver dedicação e empenho, ele não sera bem sucedido no que faz! Acima de tudo um bom florestal tem que amar o que faz! Procure as brechas do mercado é sim um campo muito vasto! Dedicação humildade e bons estagios em areas técnicas e científicas são o começo para uma promissora carreira de um eng florestal.

    ResponderExcluir
  56. Pra quem ainda tem duvida sobre fazer ou nao eng florestal ai vai meu depoimento NAO FAÇA da minha turma de 40 se formou 25 desses uns 5 talvez atuem como eng mas fazendo georreferencimaneto que exige uma pos graduçao e investimento de 100 mil reais pra gps se for assim faça cartogafria agrimensura mas nao florestal Ass Mais um Eng Frustrado.

    ResponderExcluir
  57. Quer ser um engenheiro florestal bem sucedido? Faça o máximo de estágios que conseguir durante a graduação, depois faça um intercâmbio em alguma universidade fodona dos EUA, Australia, Irlanda, Nova Zelandia, Inglaterra ou Canadá, e tenha contatos dentro das papeleiras (Fibria, Int paper, eldorado, Suzano, Veracel, Klabin, Cenibra).

    ResponderExcluir
  58. Boa noite, sou recem formada em Eng Florestal.Fiz pq sempre quis mexer com o meio ambiente. Tem 4 meses que me formei e ja recebi duas propostas de emprego. Não aceitei pq engravidei no ultimo mês do curso. É muito bom sim, e depende muito do lugar pra que esteja desvalorizado, mas depende principalmente da pessoa, pois qualquer área é necessario um esforço pra ingressar no mercado de trabalho. A não ser medicina, mas em compensação vemos muitos medicos que trabalham pelo dinheiro e tratam os pacientes como lixo (toda regra tem sua exceção). Mas enfim, queria tirar uma duvida. Vou fazer um concurso pra engenheiro florestal em prefeitura e gostaria de saber o que estudar, pois ainda nao saiu o edital, mas um bom aluno não espera o edital sair pra começar a estudar. Se alguem puder me ajudar eu agradeço!

    ResponderExcluir
  59. Um monte de gente falando que não teve sucesso na profissão. Tenho 3 anos de formado e nunca tive problemas pra arranjar emprego. Aliás, formei num dia e no outro dia me ligaram oferecendo emprego, mas eu já tinha outro em vista. Enfim, acredito que como em qualquer profissão vai da pessoa. Como você conduz seu curso, seu networking, fazer estágios, não ter vergonha e ir atrás daquilo que você quer.
    Já trabalhei em empresas privadas e agora estou como servidor público, na área. Desde que formei, o tempo que fiquei desempregado foi porque eu pedi demissão para poder me aplicar em uma pós-graduação e, antes do final dessa pós, já tinha outro emprego, na área, em condições melhores que o primeiro. Não pretendo parar por aqui, continuo estudando para concursos melhores, e olha que meu salário não é ruim não. Enfim, sou muito feliz como engenheiro florestal e com certeza faria este curso novamente.

    ResponderExcluir
  60. passei para engenharia florestal no amazonas começo a estudar no próximo ano, mas tenho duvidas como qualquer outro estudante, com relação a salario e oportunidades pra essa área,são muitas duvidas se alguém poder me ajudar, desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  61. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  62. Bem sei la, e muito relativo, sou Eng Florestal, fiquei entre os melhores da turma, tenho mestrado em Agronomia e para mim se voce foi um cara rico e montar um empresa o curso da um bom dinheiro, agora se for quebrado que nem eu, meu irmão voce se fudeu pq na florestal pobre não tem vez não. Existe uma mafia dentro dessas grandes empresas que só entra quem e conhecido. Saudações Floresteiros desempregados. Agora deixa eu ir trabalhar por que se não perco meu cargo de servente na obra... Abraços

    ResponderExcluir
  63. Não sou tão bom em matemática,mas me interessei muito pelo curso,acha que devo arriscar o ingresso em engenharia florestal?

    ResponderExcluir
  64. deus está na frente dos teus sonhos tudo dará certo. Ser engenheiro florestal é lindo mas é para aqueles que realmente têm o dom de ser um caro anônimo, aceitamos sua opinião sobre a profissão mas cada um tem suas escolhas e a minha veio de Deus bom Agr vamos esperar outro vim detonar a profissão e a vida segue né.

    ResponderExcluir
  65. deus está na frente dos teus sonhos tudo dará certo. Ser engenheiro florestal é lindo mas é para aqueles que realmente têm o dom de ser um caro anônimo, aceitamos sua opinião sobre a profissão mas cada um tem suas escolhas e a minha veio de Deus bom Agr vamos esperar outro vim detonar a profissão e a vida segue né.

    ResponderExcluir
  66. Boa noite, o curso e bom mais a dificuldade em sair um documento dos órgãos ambientais que e o difícil, devido ao atraso de documentos muitos exploram os recursos naturais na ilegalidade, agora se os pedidos de produtores fossem sem duvidas analisados e passados para frente o engenheiro teria mais sucesso na profissão, existem profissionais bons e ruins que pega um projeto por um preço abaixo do mercado prejudicando a imagem de outros da área no caso profissionais prostitutos. se todos se conscientizassem e buscassem ajudar. tanto o órgãos ambiental como nos mesmo engenheiros seriamos vitoriosos, o roubo começa nos órgãos onde os mesmo deixam pilhas e pinhas de projetos sem analisar, ai entra a ilegalidade de exploração e devastação do meio. os que são analisados são os que técnicos colocam uma verba para o técnico do órgão é passado na frente dos outro, e findando um esquecimento dos outro documentos, temos que mudar isso.

    ResponderExcluir
  67. O curso de Engenharia Florestal vem ao longo dos anos perdendo espaço para outras profissões (Biólogos, Engenheiros Ambientais, Gestores Ambientais, Tecnólogos em meio ambiente..etc). Tenho percebido durante toda minha vida profissional que cada vez mais o profissional é desvalorizado. Os salários são baixos aliada a baixíssima oferta de empregos, tá empurrando a profissão para debaixo do tapete da desvalorização profissional. Hoje são pouquíssimos profissionais que estão felizes profissionalmente com a Engenharia Florestal.Até mesmos os raros profissionais que se deram bem, fazem de conta de não pronunciar que são Engenheiros Florestais no meio social.A profissão de Engenheiro Florestal não te dá status como ocorre com outros ramos da Engenharia( Naval, Mecatrônica, Civil, Agronômica, Elétrica,Mecânica...etc). Hoje quando se pergunta a um profissional formado em Engenharia Florestal, qual é a profissão dele, ele apenas diz que é Engenheiro, e fica torcendo pras pessoas não perguntarem o resto:" Engenheiro de quê? O profissional meio sem jeito responde baixinho: "Florestal", para vê sem ninguém escuta.Dá para perceber que se o cara voltasse no tempo, jamais faria esse curso de bosta, e que seria mais feliz se fizesse qualquer outro ramo da Engenharia.

    ResponderExcluir
  68. Curso muito ruim de emprego e muito mal remunerado.

    O que mais existe são eng. florestais atuando na função de técnico florestal, pois o mercado não absorve tantos profissionais e a situação de desespero força o profissional de curso superior a desenvolver funções e receber salários correspondentes ao nível técnico de formação.

    Serão 5 anos jogados no lixo.

    ResponderExcluir
  69. PARABÉNS Luciano pelo site, com muitas informações relevantes e pertinentes para quem atua ou quem pretende atuar nessa que é a profissão com maior titulo de honra no país, pois cuidamos do meio ambiente, meio que insere a parte fisica, biótica e antrópica, ou seja, tudo englobando ar, solo, agua, floresta, animais , seres humanos, tudo está ligado a meio ambiente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Professor Robson,

      Sua colaboração é fundamental para o desenvolvimento da Engenharia Florestal no Brasil.

      Continue conosco,

      Att

      Excluir
  70. Todos os que falaram mau do curso engenharia florestal, são aqueles que não fizeram nada durante a graduação, ou seja, foram gargalos na faculdade e posteriormente no mercado. O ENGENHEIRO FLORESTAL de verdade é aquele profissional que tem um olhar diferenciado perante todos outros, isto é, cuida de todo o ecossistema e de seu potencial, e com isso tentar mudar o mundo, o que muitos mau profissionais não tem capacidade de fazer isso, ou seja, tem que se lascar sem emprego mesmo.

    ResponderExcluir
  71. Vamos fazer uma breve pesquisa aqui no site então. Por favor, engenheiros florestais "bem sucedidos" e "mal sucedidos" frequentadores deste site. Deixem nos comentários a região em que trabalham, o tipo de trabalho e salário atual.

    Com relação ao comentário acima, eu não fui um "gargalo" durante a universidade. Fiz 3 estágios em empresas e outras universidades, fiz projetos de pesquisa, membro de grupos de atividades extracurriculares. Acredito que a região de realização do curso influencia bastante. Acredito que as papeleiras preferem contratar profissionais do eixo Sul-Sudeste do país, enquanto profissionais do Norte, Nordeste e Centro-Oeste disputam as demais oportunidades do mercado.

    Agora, por favor apoiadores da Eng. florestal, sem deixar a emoção subir a cabeça: esse curso é muito ruim de oportunidades e remunera muito mal.

    A verdade tem que ser dita, doa a quem doer.

    ResponderExcluir
  72. O curso eh lindo mais a realidade eh o desemprego acredite. No MS de 200 formados apenas 10 trabalham na area.

    Pensem bem... concelho de amigo. Abracos.

    ResponderExcluir
  73. Realmente o curso de engenharia é um fracasso total no Brasil. Em outros países esse curso não existe. Existe o curso de Floresta mais não existe Engenharia Florestal. Esse curso será valorizado somente quando as florestas acabar e existir uma grande demanda na silvicultura, mais até lá não faça engenharia florestal como eu fiz, faça Agronomia pois tudo que o Eng Florestal faz o Eng Agrônomo faz.

    ResponderExcluir
  74. Nunca fui o melhor em calculo, mas sonho com Eng. Florestal! Quero muito, mas muito mesmo esse curso, não ligo para salário, só quero fazer esse curso, mas tenho medo da matemática. Se eu fazer Eng.Ambiental posso me especializar em Florestal depois?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Satisfação caro Flávio Borges,

      Com relação as disciplinas de exatas, não se preocupe, basta apenas ter foco, disciplina e dedicação, que estas se tornarão prazerosas durante todo decorrer do curso.

      Recomendamos-lhe a engenharia florestal,
      conquiste sua vitória, corra atrás dos seus sonhos!

      Estamos a disposição!

      Att

      Excluir
    2. obrigado!! assim que entrar no curso te falo!! abç...

      Excluir
  75. Sugestão de amiguinho floresteiro: penso que o curso "ENGENHARIA FLORESTAL" deveria mudar de nome, e se chamar: "ENGENHARIA FRACASSAL". Nunca houve tanta concentração de fracassados com o mesmo título de graduação.

    Façam uma pesquisa, se realmente os defensores desta área ainda insistem. Utilizem algum site de busca de empregos, como Linkedin ou Vagas.com.

    Digite nos campos de pesquisa: "engenheiro florestal" e aperte Enter. Conte quantos resultados o mecanismo de pesquisa buscou. Anote a quantidade.

    Agora, no mesmo site de pesquisa de empregos, digite: "engenheiro civil". Conte quantos resultados o site de busca mostrou. Simplesmente você vai perder uma meia hora passando as páginas de pesquisa, e vai chocar com a quantidade de oportunidades na área.

    Engenharia Florestal é uma das piores áreas profissionais no Brasil, uma das piores das engenharias. Não caiam nessa furada, se você ainda consegue mudar de área, mude. Não insista. Se você já está na metade do curso, saia e tente outra formação. Esse curso é o pior futuro que você pode esperar.

    ENGENHARIA FLORESTAL = FRACASSO TOTAL!
    ENGENHARIA FLORESTAL É LIXO!
    ENGENHARIA FLORESTAL É PERDA DE TEMPO!
    ENGENHARIA FLORESTAL É O PIOR CURSO SUPERIOR DO BRASIL!

    ResponderExcluir
  76. Concordo plenamente com você amigo. Se você é jovem e quer começar com o pé direito na vida, não faça Engenharia Florestal pelo amor de Deus. Faça outra profissão. Digo isso porque sou formado em engenharia florestal e me sinto arrependido de ter cursado essa profissão desvalorizada. Tenho 15 anos de profissão e nunca vi um engenheiro florestal orgulhoso e bem sucedido na profissão. Faço parte de uma minoria empregada(cerca de 12%), mais o salário é uma mixaria, e acima de tudo ninguém te respeita como profissional. A realidade é que no Brasil a Engenharia Florestal é muito desvalorizada, é quase sem importância. Outras áreas da engenharia fazem sucesso e somente a engenharia florestal estagnou e praticamente desapareceu. Se você quer fazer engenharia florestal o problema é seu, mas, se você deseja não fazer essa profissão de merda e fazer outra profissão, serás 100% feliz. Um aviso: Fazer Engenharia Florestal faz mal para a saúde financeira, moral e emocional. Engenharia florestal = liso + fracassado.

    ResponderExcluir
  77. Um antigo professor na universidade em que cursei a tal de Engenharia Florestal, já repreendia os próprios alunos a respeito do futuro nada promissor da Engenharia Florestal. Ele pedia que mudássemos de profissão enquanto era tempo, pois, ele vislumbrava em nossos rostos juvenis, a derrocada do fracasso profissional futuro. Ele dizia que o curso não deveria se chamar Engenharia Florestal e sim Ciências Florestais, voltado apenas para a pesquisa. Ele também dizia: Tem muito trabalho para vocês fazerem no Brasil, mais ninguém disposto a pagá-los por um trabalho oneroso e com retorno econômico a longo prazo. Sabe-se que o mercado é imediatista, e quer logo resultados e lucros. Ninguém está interessado em cuidar de florestas e sim derrubá-las e convertê-las em áreas de pastagem e/ou cultivo da cadeia produtiva de grãos(cultura de ciclo curto). O mercado investe rápido e logo pensa no lucro dizia o sábio professor. Hoje as questões ambientais são apenas mediáticas e não satisfazem o mercado que busca lucro rápido com a expansão da fronteira agrícola. O agronegócio avança, precisando de Agrônomos, administradores, contabilistas, engenheiros mecânicos, engenheiros civis, etc... O consumo mundial aumentou e a busca por alimentos e produtos industrializados que substituíram a matéria prima florestal. Quem precisa de um engenheiro florestal?Poucas empresas se interessam por este profissional. Salvo as poucas empresas de produção de papel e celulose, ninguém quase não vê utilidade prática na utilização desse profissional. O Brasil está mergulhado em uma crise sem precedentes, e o setor florestal minguado e desaquecido, continuará cada vez mais no fundo do poço. Como a demanda de profissionais é maior que a oferta de trabalho, haja desemprego e frustrações financeiras e emocionais. Vá por mim amigo(a), não faça em hipótese alguma o patético curso de engenharia florestal. Pesquise o mercado profissional. Não se deixe levar pela emoção do verde das florestas, mais deixe-se levar pela razão do verde das notas de reais, que trarão equilíbrio financeiro e auto estima profissional...por favor e em nome de Deus, não façam engenharia florestal.

    ResponderExcluir
  78. Solicitamos aos leitores que acessam o Central Florestal com os comentários desmotivadores e muitas vezes agressivos, que identifiquem-se para que possamos fazer um diálogo horizontal, entre pessoas reais e com diferentes posicionamentos.

    Não moderamos nenhum comentário do site, deixamos com que todos se expressem, cada qual na sua liberdade que lhes é garantido por Lei. Contudo, comentários ofensivos e não identificados, teremos de assumir posição mais rigorosa em moderar determinados comentários.

    O Objetivo do Central Florestal é construir uma Engenharia Florestal cada dia mais forte, não precisamos do embate, tampouco do pessimismo. A profissão é nobre, nova e com uma igualdade de condição muito bem estrutura e com grandes perspectivas.

    Agradecemos a todos pelos comentários,
    e pedimos respeito, ética e colaboração a todos nossos leitores.

    Att,

    Luciano França
    Adm. Central Florestal

    ResponderExcluir
  79. OLÁ gostei muito do seu blog e das respostas aos comentários, que na maioria parece frustrante, gostaria de saber se há lugares em que o curso não é integral, e se sim, vale a pena?
    Também gostaria muito que voce me respondesse quem não tem muita
    facilidade com matemática pode se dar muito mal? por exemplo aprendo o que passarem, mas na escola (médio) tiro em média 8, eu deveria optar pela gestão ambiental? onde há matérias parecidas da engenh. florestal, porem sem a extensa matemática.
    POR FAVOR ME AJUDEM NÃO TENHO CERTEZA QUAL DEVO SEGUIR
    OBRIGADA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Satisfação caro,

      Obrigado pelo acesso, e por ter gostado da página, sua colaboração é sempre muito importante.

      Com relação a suas dúvidas:

      1 - Os cursos são sempre em turnos matutino e vespertino, manhã e tarde, contudo varia muito de acordo com a grade acadêmica de cada curso em diferentes universidades;

      2 - Com relação as disciplinas de exatas, obviamente que ter certa afinidade é sempre muito importante na decisão da escolha pelo curso. Contudo, na maioria dos casos, sobretudo uma realidade de grande parte dos brasileiros, têm certas dificuldades com cálculos e matemática. Logo não é um problema para realizar um bom curso de Eng. Florestal, basta buscar dedicação, foco e disciplina, que acaba sendo prazeroso cursar as disciplinas exatas que tem no curso.

      Leia os comentários feitos aqui na página e leve em consideração todos eles. Veja o sucesso daqueles que tiveram disciplina, foco e sonharam. E veja o fracasso daqueles que perderam a esperança e o sonho de transformar um país, um setor, e tome-os como exemplos de não ser. E busque o que desejas, corra atrás dos seus sonhos.

      A Engenharia Florestal é um curso nobre e gratificante. Vale a pena acreditar!

      Um abraço forte.

      Excluir
  80. Parabéns pela organização da página, os organogramas ficaram excelentes.
    Sou Eng. Florestal e tenho muito orgulho da minha profissão.

    É uma pena a página ter sido invadida por muitas pessoas infelizes e que poluíram os comentários com mensagens negativas (todos anônimos, o que dificulta saber a realidade dos comentários).

    Na vida, em qualquer profissão, existirão pessoas bem-sucedidas e pessoas malsucedidas... não acredito que o curso superior que você fez é que irá decidir isso. Você tem de ser a diferença em sua vida, buscar, filtrar e aproveitar as oportunidades.

    O curso é ótimo, mas o sucesso profissional vai depender de você, igual a grande maioria dos cursos em nosso país.
    Concordo com os comentários sérios que li aqui, quanto ao curso, e ao mercado profissional.

    Como dica aos futuros graduandos, eu diria para se envolverem em projetos, pois melhora o currículo (pensando em um mestrado ou doutorado) e aprofunda o conhecimento. A área de pesquisa ainda gera muitas oportunidades. Também é importante fazer estágios durante a faculdade, assim poderão ter uma visão do mercado profissional.

    Caso o interesse for concursos públicos (o setor oferece algumas oportunidades) aconselharia a iniciar os estudos de matérias como português, direito constitucional, direito administrativo, entre outras em paralelo com a graduação.

    Agradeço a Eng. Florestal por ter mudado minha vida, me dar estabilidade financeira e sucesso profissional. Tudo isso consegui com esforço pessoal, estudando muito (acima da média), após o curso também.

    Abraços, e novamente parabéns pela página.

    ResponderExcluir
  81. oi bom dia sou Indigena estou querendo entra nesse curso pra trabalha em defessa de minha floresta e na minha aldeias vale apena querido....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Satisfação prezada,

      Entre em contato conosco pelo e-mail: centralflorestaloficial@gmail.com

      Para que possamos dar-lhe as devidas orientações.

      Parabéns pela força e coragem em favor das nossas florestas.

      Abraços

      Excluir
  82. Olá, bom dia. Meu nome è Paloma e tenho 17 anos, descobri a pouco tempo que a profissão que quero exercer é a engenharia florestal, não por causa do dinheiro, mas porque quero fazer a diferença através desse curso. De alguma forma sinto que nasci pra isso. Quero poder cuidar e mudar a consciência das pessoas em relação à vida das florestas, tenho tanto medo que um dia isso acabe, quero cuidar e ensinar que a natureza não é infinita e que assim como ela tenta zelar pela nossa sobrevivência, devemos zelar pela dela.

    ResponderExcluir
  83. Estou fechando 3 anos desempregado.... estava entre os melhores da turma... ja mandei mais de 500 Curriculum... mas sem indicação não tem emprego. Vlw flw se quiser perder 5 anos de vida faça florestal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou seja, não basta se achar o 'diferentão' da turma, é preciso ser bom de boca fechada, e procurar todos os possíveis meios de estágios, contratos e estudar para os concurso. Caso contrário se torna alguém como você que vem aqui apresentar sua carreira já falida na Engenharia Florestal.

      Passe bem!

      Eduardo Moana,

      Excluir
  84. sério q está a 3 anos desempregado? sou aluno do 8 periodo de eng florestal e estou com muito medo de ficar desempregado... penso em fazer mestrado pra ver se abre portas, mas é difícil, só com a graduação nao arruma emprego? vc tem disponibilidade para mudança de cidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Caro Anônimo.

      Desconsidere todos os pessimistas que invadem o site com comentários maldosos e das suas vidas fracassadas.

      Você pode optar por um mestrado, mesmo que não tenha intenção de vida acadêmica, mas como um mecanismo de qualificação a mais, vai te dar um diferencial, tanto em termos de título de mestre, quanto em termos de aprendizado e especialização em determinada área.

      Mostre-se flexível para o mercado, essa gurizada toda que já comentou aqui são sempre aqueles cheios de dificuldades em aceitar situações de empregos mais adversas.

      Dica: Não se torne um engenheiro florestal desistimulado e pessimista! Não é fácil para nenhum recém-formado de qualquer profissão que seja. Você tem que ser diferente!

      Abraços

      Eduardo

      Excluir
  85. Estou no primeiro semestre e Eng.florestal é o melhor curso.
    E não me arrependo.
    Quanto mais conhecimento sobre,mais requisitado você será.

    ResponderExcluir
  86. profissão mais desvalorizada no brasil, todo mundo segue carreira acadêmica porque não consegue emprego, tanto que é cada vez mais comun professores jovens que fizeram graduação+mestrado+doutorado (11 anos de estudo). Da minha turma, apenas 6 trabalham na área, e o que ganha mais não passa de 2400 reais por mes. Trabalhei com topografia e georreferenciamento durante 8 meses e foi o suficiente pra desistir dessa profissão, 0 perspectiva de crescimento, frustração financeira, certeza que vai trabalhar de empregado pro resto da vida. Vou falar pra voce que estiver lendo esse comentario o que eu queria ter escutado alguns anos atras, não perca 5 anos da sua vida fazendo essa "engenharia".
    Abraço.

    ResponderExcluir
  87. Infelizmente é a realidade..
    A minha turma de 30 formados e apenas 7 atuando na área graças as condicionantes ambientais para liberação da Usina Hidrelétrica de Belo Monte- Altamira-Pará. isso pq o IBAMA e a sociedade civil organiza cobra incessantemente que as condicionantes ambientais sejam cumpridas!

    ResponderExcluir
  88. Esse curso não presta pra nada, muito desvalorizado os salários são muito baixo isso se achar um emprego como engenheiro. Concurso federais só dão uma vaga para todo o brasil e nas prefeituras que tem secretaria do meio ambiente que são necessário ter um para analisar as licenças os salários chegam a 1500 reais. Eng Florestal não é um curso facil, vc precisa se dedicar muito, a grade é de tempo integral, não vale a pena, faça outra coisa. O melhor mesmo é curso técnico.

    ResponderExcluir
  89. Gostei do comentário do amigo anônimo. Sou engenheiro florestal a cerca de 15 anos,estou empregado e nem por isso estou satisfeito com essa profissão. Conheço o mercado da engenharia florestal e posso afirmar que é um dos piores mercados profissionais do Brasil. Há milhares de engenheiros florestais desempregados no país, esta é a realidade. O mercado florestal continua desvalorizado e desaquecido. Não tem essa de ser um bom profissional não. Existem vários fatores que impedem o profissional engenheiro florestal obter sucesso no mercado profissional. Uma delas é a crescente desvalorização da profissão. Outra é o baixo salário pago por empresas privadas e públicas. Hoje em dia paga-se em torno de 1450 reais para grande parte desses profissionais. Há quem ganhe 8.000 reais sim, mas isso é quase uma raridade no mercado (cerca de 5% dos profissionais). Quando era jovem e cursava a engenharia florestal, ouvia dos engenheiros florestais já formados sobre a dificuldade de encontrar um emprego e acima de tudo os baixos salários pagos. vi muitos deles ingressarem na carreira de mestrado com o objetivo de obter um melhor rendimento como professor. Quando se é ainda jovem, somos dominados pela emoção boba da fase juvenil, afastando-se da realidade inerente dos problemas do mercado profissional. Quem quiser fazer engenharia florestal que faça e depois busque inserir-se no difícil e nada promissor mercado de trabalho da engenharia florestal. Uma coisa digo apenas: " Se voltasse no tempo não faria em hipótese alguma engenharia florestal". Lembre-se caros amigos estudantes, de que a vida é muito bela e curta para ser desperdiçada com a mais tolas das engenharias do Brasil: ENGENHARIA FLORESTAL.

    ResponderExcluir
  90. Também gostei muito do seu comentário, é como mesmo escreveu, não existe essa de graduar em eng florestal e sair com o diploma embaixo do braço, você não vai achar emprego, as empresas florestais no máximo contrata um e olhe la, conheço colegas mesmo com inglês fluente e especializações não conseguiram nada nessas empresas florestais e isso estagiando com professores que tem contato os os grandes empresários dos setores florestais. Sempre tem um professor falido que foi abandonado por essas empresas e acabou virando professor. O que resta mesmo são as velhas opções de concurso municipais, pq se vc for tentar concurso federais já sabem, uma vaga ou a opção de concorrer com os biólogos, agrônomos eng ambiental e qualquer outra coisa ambiental, que parece que para eles essas profissões são tudo igual, tudo a mesma coisa. Para se ter uma noção uma turma de 40 alunos que conheci, apenas 10 se formaram, muitos desistiram, outros não tinha nada com o curso. Desses 10 os cincos continuam desempregados, três viraram PMs e eram os melhores da turma, e outros estão no banco. Os professores deveriam ser mais politicamente incorreto e dizer a verdade, numa turma quem vai mesmo achar alguma coisa muito boa é de apenas 1%, o resto com certeza vai parar no banco, comercio e qq coisa que não seja da área. Ainda tem agrônomos e biólogos assinando os inventários florestais tomando e roubando nossas atribuições e o CREA caríssimo não fiscaliza.

    ResponderExcluir
  91. Gente, eu vou entrar no curso esse ano, mas depois de ler os comentários daqui... Pelo que eu li, ser engenheiro florestal no Brasil tá quase impossível.

    ResponderExcluir
  92. Caia fora!
    Use seu esforços e sua inteligencia para aprender uma profissão de verdade, uma profissão que tem um concelho que valorize o profissional, não entre nessa não que o CREA é um parasita que não faz nada para ajudar o profissional. Faz Biologia, que é bem mais valorizado, teve um concurso que o edital estava oferecendo 1500$ para o biólogo com carga horaria de 20h e 1500& para o engenheiro florestal 40H, por ai você tira suas conclusões.

    ResponderExcluir
  93. Passei no vestibular e estou matriculada, é em outro estado. Confesso que estou bem triste, vou ser realista, desistirei. Agir pela emoção não dá sustento. Vou estudar esse ano e tentar outra área.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá cara Ray, não desista, geralmente nos primeiros períodos o curso aborda muitas coisas do ensino médio, se você for der um tempo com certeza irá se apaixonar pelo curso.
      Atualmente estou no 7º período na UFPI e já tentei desistir várias vezes, e a partir do 4º período eu me apaixonei pela profissão.

      Excluir
  94. A realidade é bem essa mesma. 95% dos alunos que formam em engenharia florestal vão fazer mestrado, não por quê querem seguir carreira acadêmica, mas sim porque não conseguiram arrumar emprego e daí se submetem a ficar 6 meses a até 1 ano sem bolsa e no final do mestrado, após se qualificarem não conseguem arrumar emprego por falta de experiência. É triste a realidade, por isso o meu conselho é não façam engenharia florestal. Estudem um pouco mais e tentam passar em um outro curso, ou melhor ainda em concurso de ensino médio e depois façam uma faculdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderia identificar-se em?

      Fazer comentários deste naipe numa página que luta em prol da valorização da profissão, parece ser um pouco coverde de sua parte.

      Conte-nos sua história, e identifique-se!

      Excluir
  95. Eu sou engenheiro florestal com mestrado na área de manejo florestal e atualmente estou empregado, mas tenho que concordar com a maioria. A engenharia florestal é um dos cursos mais desvalorizados do Brasil. Tenho vários amigos meus que entraram comigo na universidade e optaram por eng. mecânica, elétrica, civil e até agronomia e estão bem melhores financeiramente do que eu. Detalhe que esses meus amigos não possuem mestrado e nem pós-graduação, simplesmente formaram e já foram trabalhar. O conselho que eu dou para os mais novos é que não entrem nessa furada. Engenharia florestal não compensa financeiramente, ao menos se você queira seguir carreira na área acadêmica e virar professor universitário, mas para isso é necessário doutorado e muitas vezes pós doutorado em determinadas áreas.

    ResponderExcluir
  96. comentarios bem realistas !

    ResponderExcluir
  97. Pra quem ainda defende esse curso, ontem vi mais uma coisa que me deixou revoltado/triste. uma conhecida minha defendeu a tese de MESTRADO em engenharia florestal alguns meses atrás, e por coincidência vi o facebook dela ontem e ele está trabalhando de caixa duma loja de utilidades. isso mesmo,caixa! de forma alguma estou desvalorizando a profissão, que é digna e honesta, o que me refiro é que uma pessoa jogou 7 anos da sua vida fora, com gastos financeiros(moradia,alimentaçao,congressos),mentais(não é uma faculdade fácil) fisicos(trabalho de campo) para trabalhar num cargo que qualquer um com diploma de ensino médio trabalha.

    façam suas refleões....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cursei florestal e fiz mestrado em agronomia, atualmente sou servente de pedreiro. Amo o curso mais infelizmente tenho que concordar com a maioria o curso não é valorizado por isso não tem emprego, agora estudo para concursos, passei em 2 da área policial estou esperando me chamar. Boa sorte a todos amigos que também se enganaram nessa profissão.

      Excluir
  98. Me formei em eng. florestal em dezembro de 2015, durante a graduação fiz 3 estágios, sendo 2 deles em empresas da área florestal. Antes de formar já estava mandando meu currículo para empresas florestais. Infelizmente, não fui selecionado para nenhuma entrevista até agora e a conclusão que eu cheguei é que esse curso é uma furada!!! Galera não comprem essa ilusão de que é um curso do futuro e que vão conseguir emprego fácil, pk não vão. Graças a Deus minha família me dá condição de ficar estudando para concursos. Se não fosse isso estaria fudido. Me sinto lesado de ter gastado 5 anos da minha vida, nessa porcaria de curso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engenheiro Florestal frustrado, detectado!

      Cai fora zé mané! A profissão é maravilhosa e feita apenas para pessoas felizes!

      Excluir
  99. empréstimo! empréstimo!! empréstimo!!!
    Você está procurando uma empresa de empréstimo respeitável e credenciado privado que dá empréstimos à oportunidade de tempo de vida. Nós fornecemos todos os tipos do empréstimo em uma maneira muito rápida e fácil, empréstimo pessoal, empréstimo de carro, empréstimo Home, empréstimo de estudante, empréstimo de negócio, empréstimo de investimento, consolidação de débito, e mais. Você foi rejeitado por bancos e outras instituições financeiras? Você precisa de um empréstimo de consolidação ou uma hipoteca? Não procure mais porque estamos aqui para fazer todos os seus problemas financeiros uma coisa do passado. Nós emprestamos fundos para indivíduos e empresas que necessitam de assistência financeira à taxa de 2%. Nenhum número de segurança social exigido e nenhuma verificação de crédito necessária, 100% garantido. Quero usar este meio para informá-lo de que prestamos assistência confiável e beneficiária e teremos todo o gosto em lhe oferecer um empréstimo.
    Envie-nos um email hoje em: (euchariadanielloanfirm@gmail.com) para aplicar agora para um empréstimo.

    ResponderExcluir
  100. Pessoal que esta desestimulado quanto a carreira. Digo uma coisa o mercado só absorve os melhores, mais qualificados e flexíveis pra tal. Conheço quem não tem emprego na área e também quem saiu da faculdade empregado como alguns colegas e hoje estão muito bem. É correr atrás ninguém vai te dar nada em nenhuma profissão. Acredito muito na engenharia Florestal e defendo como todos os profissionais da área deveriam fazer. Em prol da valorização e maior inserção desses profissionais essenciais no mercado. Amo minha logo futura profissão. Lembre se depende ba maior parte de você. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Amo minha logo futura profissão"
      quando se formar,volte aqui e nos conte se essa empolgação toda ainda existe

      Excluir
  101. Olá, parabéns pelo artigo!
    Conteúdo muito bom e de fácil entendimento!
    Se precisar, conte conosco para dicas e informações sobre tipos de gramas:
    www.agrogramas.com.br
    www.agrogramas.com.br/grama-esmeralda
    www.agrogramas.com.br/grama-batatais
    www.agrogramas.com.br/grama-sao-carlos
    www.agrogramas.com.br/grama-bermudas
    www.agrogramas.com.br/grama-santo-agostinho
    www.agrogramas.com.br/grama-coreana

    ResponderExcluir
  102. Gostaria de saber como entrar na área de fiscalização com essa profissão?

    ResponderExcluir
  103. ¿Estás sufriendo financieramente? O usted necesita efectivo urgente para pagar sus cuentas, o para medicaciones no se preocupe más porque hay lejos usted puede solucionar todos sus problemas sin tensión. Usted puede cambiar su vida en apenas en período corto de tiempo. Contacto (hackers ilimitados) para un espacio en blanco [ATM SMART CARD] hoy y estar entre los afortunados que se benefician de estas tarjetas. Soy un testostomía viviente, también he solicitado esta tarjeta hace un mes y ahora tengo la mía. Esta tarjeta SMART ATM en blanco PROGRAMADA es capaz de hackear cualquier máquina ATM, en cualquier parte del mundo. Llegué a saber sobre esta TARJETA de cajero EN BLANCO cuando estaba buscando un prestamista de préstamos en línea hace un mes .. Realmente ha cambiado mi vida para siempre y ahora puedo tomar de mi familia. El menos dinero que recibo en un día con esta tarjeta es de 5000. Todos los días tengo suficiente dinero para cuidar de mi familia. Aunque me dijeron que es ilegal, soy muy cuidadoso no hay riesgo de ser atrapado, porque se ha programado de tal manera que no es rastreable, y también hace que la CCTV inútil cuando se retira dinero .. Para más detalles En cómo conseguir una tarjeta hoy, email los hackers en este email: unlimitedhackersnetwork@gmail.com

    ResponderExcluir
  104. Obrigado graças a os comentarios desse site vou largar esse curso de bosta que nao contribui em nada pra ninguém muito menos pro país, so serve pra gerar professores pra dar aula devia ser licenciatura essa merda ,so tem nego idiota que quer salvar arvores, achando que assim vao salvar o mundo sabem de nada vao estudar, vou fazer um curso que tem empregos engenharia quimica, e mais dificil mais e melhor se esforcar e ter um retorno do que ralar pra nada

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.