Ads Top

Você sabe quantos cursos de Engenharia Florestal existem no Brasil?

Ensino, Pesquisa e Extensão Florestal tem sido o papel da Engenharia Florestal em 66 Instituições de Ensino no Brasil

Apenas dois estados ainda não tem o curso de Engenharia Florestal
    Em 30 de maio de 1960, o Decreto n.º 48.247 criou a Escola Nacional de Florestas, primeira no ramo no Brasil, sediada em Viçosa, Minas Gerais, e posteriormente transferida para Curitiba em 14 de novembro de 1963. O Período inicial de funcionamento do curso, de 1961 a 1969 foi caracterizado pela existência do Convênio de Assistência das Nações Unidas, através da FAO, conhecido como "Projeto 52". De 1971 a 1982 vigorou o Convênio de Cooperação Técnica entre a UFPR e a Universidade Albert-Ludwig, de Freiburg, Alemanha. Foi durante este período que houve um efetivo desenvolvimento da Faculdade de Florestas de Curitiba em ensino, pesquisas e extensão florestal, incluindo a criação, em 1973 do primeiro curso de pós-graduação de mestrado em Engenharia florestal do Brasil. Posteriormente, 1982, foi também criado o primeiro curso de doutorado em Engenharia florestal no Brasil.
 Segundo o Ministério da Educação - MEC, há no Brasil, para o ano de 2013, 66 cursos de graduação em Engenharia Florestal, oferecidos por 60 instituições de ensino superior. As instituições públicas predominam na educação superior, com 87,8% do número total de Instiuições de Ensino Superior - IES com cursos na área de Engenharia Florestal.
Atualmente, apenas os estados de Alagoas e Ceará não tem o curso de Engenharia Florestal, todavia, estão sendo criados o curso em instituições do referidos estados, bem como outros estados tem descentralizado o ensino da Engenharia Florestal, criando novos cursos, sobretudo em Minas Gerais, que já conta com um significativo número de cursos de graduação em todas as regiões do estado.

*Com informações do Serviço Florestal Brasileiro

NOTA


Corrige-se matéria: Dito serem 66 cursos, quando são 72, contando-se que apenas o estado do Ceará não tem o curso. Acrescenta-se UFAL (Alagoas), UFAC(Acre, Cruzeiro do Sul), UFRN, IFMT (Mato Grosso, Juína), UFSM (Santa Maria, RS), UNIPAMPA (São Gabriel).

2 comentários:

  1. Pelo IFMT a cidade que fornece o curso é Cáceres e não Juína.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.