Ads Top

Vamos falar sobre árvores?

Árvores / albieri / bome / bäume / الأشجار / / árboles / arbres / δένδρα / עצים / trees / / drzew / деревья / miti / ağaçlar / crainn / पेड़ / stromy
(Português / italiano / africâner / alemão / árabe / chinês / espanhol / francês / grego / hebraico / inglês / japonês / polonês / russo / suaíle / turco / irlandês / hindi / tcheco)


Acima vimos o termo árvore escrito em 19 línguas faladas por todo o mundo, nada mais que uma pequena forma de demonstrar o poder das árvores em ultrapassar barreiras, culturas, sociedades, costumes e regras, enquadrando-se como um recurso difuso, que interessa a todos e configura-se conforme seu grau de uso, proteção e manejo.

Porque comemoramos o dia da árvore?

A data 21 de setembro, foi escolhida por anteceder o início da Primavera no hemisfério Sul, que dependendo do ano pode ocorrer entre os dias 22 e 23 de setembro. O objetivo da data é promover uma reflexão sobre a importância das árvores e florestas, sensibilizando todos agentes da sociedade à proteção do ambiente e gestão correta dos recursos naturais. Já o dia 21 de março é comemorado o Dia Internacional das Florestas e da Árvore, com o mesmo propósito do Dia da Árvore, mas está associado à chegada da primavera no hemisfério norte.


E as árvores do Brasil?

O Brasil lidera na lista de países com as maiores árvores do mundo, de acordo com o Instituto Brasileiro de Florestas, o país tem cerca de 56 mil espécies de plantas e estimativas indicam que existam atualmente no país 5 a 10 espécies de gimnospermas (aquelas que vivem preferencialmente em ambientes de clima frio ou temperado e, nesse grupo, estão os pinheiros, araucárias, sequoias e ciprestes), 55 mil a 60 mil espécies de angiospermas (palmeiras, ipês, jacarandás), 3 mil briófitas (musgos) e 1,3 mil espécies de pteridófitos, representada pelas samambaias, xaxins e seus parentes.



O maior cajueiro do Mundo, no Piauí

Uma pesquisa da Embrapa Meio Norte comprovou que o maior cajueiro do mundo está localizado no município de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí. De acordo com os dados, a árvore possui 8.810 m² e tem mais de 200 anos de existência.

Foto: TV Clube.

Um novo olhar sobre as árvores

Acreditamos numa nova forma de se olhar as árvores no Brasil e mundo, muito mais além das abordagens que infantilizam o indivíduo arbóreo, muitas vezes restrito apenas ao núcleo escolar infantil como data comemorativa. O que é necessário que seja vista como objeto no ambiente com um dos maiores, se não o maior peso em um ecossistema, assim como que sua falta pode causar graves problemas ambientais e afetar diretamente na vida das pessoas.
Logo, o grande desafio é olharmos as árvores além dos benefícios básicos, estes já conhecidos, como recursos e belezas que nos sãos proporcionados. É preciso olhar as árvores como seres vivos, altamente inteligentes, estratégicos e sensíveis. Para o autor da obra “A Vida Secreta das Árvores”, o engenheiro florestal Peter Wohlleben, as árvores comunicam-se entre si e têm até uma rede de ‘internet’ própria, destaca que são seres de vida social complexa, que trocam nutrientes e informações entre si, cuidam de seus “bebês”, combatem invasores de forma coordenada e parece ser capazes de aprender, mesmo não possuindo cérebros como os dos animais.

O que nos dizem as árvores

As árvores sempre têm muito o que nos contar. Além de reter o dióxido de carbono (CO²), que em excesso contribui para o aquecimento global, elas fornecem a maior parte do oxigênio de que precisamos para sobreviver. Assim, contribuem para diminuir a poluição e ajudam a reduzir casos de asma, de câncer de pele e até de doenças relacionadas ao estresse.  

Além destes, são incontáveis os benefícios das árvores, alguns destes podes acompanhar no Infógrafo que preparamos, abaixo: 



Deixe seu comentário ou sugestão na caixinha de comentário dos posts! Eles são muito importantes para nós.
Continue acessando as demais matérias!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.