Ads Top

ENEM: Tudo sobre o curso de Engenharia Florestal

Brasil dispõe de 70 cursos de graduação em Eng. Florestal

   Você estudante de ensino médio, que está se preparando para realização do ENEM e está com dúvida em qual curso escolher no SISU, ou está querendo conhecer mais sobre Eng. Florestal, preparamos material exclusivo para que todas suas dúvidas sejam sanadas, além disso estamos disponibilizando nossa equipe de administradores para atende-los em nosso canal de comunicaçãocentralflorestaloficial@gmail.com, para que todas suas dúvidas sejam esclarecidas caso ainda haja questionamentos.   
     Engenharia Florestal é o ramo das engenharias voltado para o estudo, uso sustentável de recursos naturais e comercialização de produtos florestais por meio de técnicas e planejamentos corretos para aumento de produção por ganho de produtividade aliados à conservação. A profissão exige contato direto com a natureza, florestas nativas, florestas plantadas, e com a biodiversidade. Com a atualização e publicação do Novo Código Florestal (Lei  nº 12.651, de 25 de maio de 2012) muitos postos de trabalho serão prospectados e surgirão muitas novas oportunidades de modo a uma aplicação correta da legislação. 
    A Engenharia Florestal é a profissão do presente, no auge da onda da consciência ecológica, do marketing verde, e consequentemente da revisão do Código Florestal, o engenheiro florestal consolida seu espaço no mercado, bem como tende a ser um dos profissionais mais requisitados para as próximas décadas. Para seguir carreira, não dá para fugir da boa e velha matemática, uma disciplina clássica dos cursos de engenharia, e da experiência prática junto às florestas.
    Hoje existem 7,2 milhões de hectares de florestas plantadas comerciais (Eucalipto, Pinus, dentre outras) no Brasil (ABRAF, 2014), com projeções de crescimento para os próximos anos, o que consequentemente tem exigido mais profissionais e empreendedores. Além disso o governo  tem trabalhado a concessão de florestas públicas para a produção de madeira. O mercado está bastante aquecido e demanda de profissionais com formação na área. 

O curso?
  
   No curso de Engenharia Florestal não dá para fugir da boa e velha matemática - disciplina clássica dos cursos de engenharia, ou seja, o aluno tem que ser bom ou gostar de matemática e cálculos que vão estar durante toda a graduação. As ciências agrárias e biológicas também estão presentes em todo o currículo, com destaque para as disciplinas que envolvem botânica, tecnologia da madeira, fisiologia vegetal, biologia celular e silvicultura. Mas o forte do curso são as técnicas e os métodos de uso racional das florestas que não comprometam o ecossistema. Nessa área, as disciplinas teóricas - como conservação de recursos naturais renováveis - alternam-se com práticas de manejo florestal, ecologia aplicada em campo, atividades em laboratórios e viveiros. O estágio curricular é obrigatório, bem como um trabalho de conclusão de curso (TCC). 
Duração média Engenharia Florestal: 05 cinco anos. 
Nota de Corte SISU/ENEM: Engenharia Florestal – de 545 a 715 pontos

Saiba onde estudar Eng. Florestal: Universidades com graduação  
Acesse nossa plataforma exclusiva com todas informações sobre Engenharia Florestal (Acesse Aqui)

Veja a nota de corte para Eng. Florestal para sua universidade de interesse, clique aqui

Boa Sorte a todos vestibulandos e futuros floresteiros! [no-sidebar]

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.