Ads Top

Expedição Brasil Norte-Sul: conheça a viagem feita por estudantes de Engenharia Florestal

A viagem, que se iniciou no dia 8 deste mês em Florianópolis e terminou dia 3 de agosto no Peru, está sendo analisada pelo Guinners Book

A expedição começou no Estado de Santa Catarina
Projeto acontece desde 2008 e é fruto de disciplina do curso de Engenharia Florestal da UFPR. Um grupo de 45 estudantes, a maioria de engenharia florestal, iniciou a 8ª Expedição Brasil Norte-Sul liderada pelo professou doutor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Renato Robert, que é coordenador do Laboratório de Abastecimento e Mecanização Florestal. A expedição tem como objetivo mostrar aos alunos a diversidade de biomas brasileiros, além das diferentes culturas e aspectos relativos à ciência florestal em um roteiro de 13 mil quilômetros.

O Evento será realizado entre os dias 02 e 24 de agosto de 2013.A Expedição Brasil Norte-Sul está sendo analisada pelo Guinness Book e poderá ser considerada a maior aula prática acadêmica em viagem de ônibus no mundo. Apesar da coordenação da viagem pertencer a Renato Robert, da UFPR, o ponto de partida foi em Florianópolis e passou ainda pelo município Massaranduba, ambos no Estado de Santa Catarina, onde foi realizada uma visita ao Parque Nacional do Rio Vermelho e, em seguida, a uma área de pesquisa em manejo florestal. No Paraná, a expedição passou pelas cidades de Curitiba e Tunas, onde foi feita uma visita técnica à empresa Berneck, que atua na área de processamento de madeira.
A expedição fez uma pausa para foto na praça dos Três Poderes, em Brasília, após visita ao Ibama e SFB A expedição fez uma pausa para foto na praça dos Três Poderes, em Brasília, após visita ao Ibama e SFB
Em seguida, a expedição passou pelo Rio de Janeiro e os estudantes visitaram a empresa Biovert, na cidade de Silva Jardim, para conhecer um viveiro de mudas. Os estudantes também visitaram o Jardim Botânico e o Parque Nacional da Tijuca e foram até o município de Ilha Grande. Em Minas Gerais, o município de Ipatinga estava no roteiro, onde foi feita uma visita técnica à Cenibra. De lá, a expedição foi para Brasília com o foco para as visitas ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama), Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e a organização não-governamental WWF.
Na sequência, o destino foi o Estado do Mato Grosso, com visitas à Chapada dos Guimarães, seguido do município de Cáceres, na empresa Floresteca, que atua no manejo de teca. Subindo o mapa, a expedição foi até Itapuã do Oeste para uma visita à Amata. Em Rondônia, na capital Porto Velho, os participantes conheceram a Usina Hidrelétrica de Santo Antônio. A expedição seguirá para o Acre, onde os estudantes conhecerão a unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a Fundação de Tecnologia do Estado do Acre (Funtac) e o Seringal Cachoeira - o maior circuito de arvorismo de toda a Amazônia. Em seguida, a expedição vai até o município do Xapori, para uma visita a uma indústria de preservativos e depois seguirá até a Bolívia e o Peru, na Amazônia internacional.
Uma visita à empresa Biovert, no Rio de JaneiroUma visita à empresa Biovert, no Rio de Janeiro
Nesta 8ª Expedição Brasil Norte-Sul de engenharia florestal houve grande apoio do setor de Ciências Agrárias da UFPR. A viagem técnica teve patrocínio da Usina Hidrelétrica Itaipu Binacional e da empresa Biovert. A expedição começou no dia 8 deste mês e termina em 3 de agosto. Dos 45 estudantes, 25 são da UFPR, 10 são da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), 2 da Universidade Estadual de Santa Catarina (Udesc), 1 da Universidade de Brasília (UnB), 5 estudantes da engenharia florestal de Freiburg e de Eberswalde, ambas na Alemanha, e 2 estudantes de engenharia industrial madeireira da UFPR.
Fontes: Painel Florestal / Brasil Norte-Sul 


Um comentário:

  1. Olá!
    Onde acho mais informações sobre como participar do Projeto ? Sou estudante de engenharia florestal e tenho grande interesse em participar. Já tentei entrar em contato com o professor Roberto mas não tive sucesso.
    O Projeto é voltado apenas para estudantes das universidades citadas ?

    Obrigada!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.