Ads Top

Brasil tem o maior Cajueiro do Mundo

Cajueiro localizado no estado do Rio Grande do Norte, a 25 Km de Natal.

   Consagrado como ponto obrigatório de visitação turística do estado, a maior árvore frutífera do planeta, se localiza a cerca de 25 km de Natal/RN, na praia de Pirangi do Norte, o Maior Cajueiro do Mundo foi registrado no Guiness Book no ano de 1994. A área em que se encontra o Cajueiro era antigamente um sítio de propriedade do senhor Sylvio Pedrosa (ex-prefeito de Natal) e que posteriormente foi doado ao Governo do Estado. Segundo os habitantes mais velhos da região, a árvore tem aproximadamente 110 a 120 anos de existência.
  Do seu tronco original saíram dezenas de galhos que, por sua vez transformaram-se em outros verdadeiros troncos. A explicação para isso é uma anomalia que os agrônomos caracterizaram de fito teratológica – fito (planta) terato (monstruosidade) lógica (estudo).
  Por sofrer desta anomalia seus galhos tocam no solo e criam raízes secundárias que ajudam na alimentação da árvore, mas todos eles são dependentes do tronco principal.
   A profundidade das raízes é de 01 a 02 metros e a do tronco principal de 20 a 25 metros , por isso todos dependem do tronco. O Cajueiro atualmente possui uma área de 8.500 m² , o que corresponde a um agregado de 70 cajueiros de porte normal, estima-se que se houvesse espaço para seu crescimento poderia alcançar 30 a 40.000 m² .
  Quando chega a época de safra, novembro a janeiro, o cajueiro chega a produzir de 70 a 80 mil cajus, o equivalente a 2,5 toneladas. O fruto não é vendido e os turistas podem levar, sem exagero, alguns para casa. O nascimento do maior cajueiro do mundo é um mistério, uma versão é que ele poderia ter sido plantado pelo antigo proprietário do terreno.
  O Cajueiro possui uma estrutura ao seu redor com lojas de artesanato da região, mirante com 10 metros de altura para apreciar sua copa inteira e Guias que falam inglês e espanhol.
Área referente a copa do maior cajueiro do Mundo.

Considerações Botânicas

O maior cajueiro do Mundo pertence a espécie Anacardium Occidentale, da família Acaxardiáceae.  É uma árvore com características fito teratológicas (anomalias) é considerada á única da espécie botânica a qual pertence.
Dados morfológicos de seus órgãos:
  • ° Raiz – pivotante (crescimento vertical)
  • ° Caule – tronco lenhoso, com resina, muito tanino
  • ° Folhas – simples de forma oblonga ovadas
  • ° Flores – pequenas, lilás
  • ° Fruto – castanha é a parte comestível suculenta, denominada de Pseudo-fruto
  • Semente – rico em óleo, gorduras. Muito apreciada pelo seu sabor e fonte energética de alimentação e constitui uma grande atividade de exportação.
*Informações de omaiorcajueirodomundo.com / Adaptado Portal Florestal

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.